The Holy See
back up
Search
riga

CARTA DO PAPA JOÃO PAULO II
AO PREFEITO DA CONGREGAÇÃO
PARA A DOUTRINA DA FÉ PELA ELABORAÇÃO
DO "COMPÊNDIO DO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA"

 

Ao venerável Irmão o Senhor Cardeal Joseph RATZINGER
Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé

No dia 7 do passado mês de Dezembro, completaram-se 10 anos desde a promulgação do Catecismo da Igreja Católica (C.I.C.), dez anos que mostraram a importância deste texto, desejado e sugerido pelo Sínodo dos Bispos de 1985. Como tive a ocasião de dizer aos participantes no Congresso Catequético Internacional, convocado no passado mês de Outubro, precisamente para comemorar o X aniversário, o Catecismo conserva inalterada a sua realidade de dom privilegiado, posto à disposição de toda a Igreja católica. Trata-se de um dom oferecido a cada homem e a cada mulher que quiserem perguntar aos católicos a razão da esperança que lhes é própria, porque estão interessados em conhecer o objecto do credo da Igreja. A vasta difusão do texto nas várias regiões do mundo constitui uma prova evidente da sua utilidade e actualidade. Especialmente nos últimos anos, foram realizadas muitas sínteses do Catecismo em várias línguas e em numerosos países. Isto testemunha como é ampla e sentida a exigência de um breve Compêndio, que contenha todos os elementos fundamentais da fé e da moral católicas, formulados de maneira simples e clarividente. Todavia, a experiência prova que, nestas sínteses, não é fácil salvaguardar sempre e plenamente a inteireza e a integridade do conteúdo da fé católica.

Durante o mencionado Congresso, realçou-se a urgência de poder dispor de um Catecismo breve para todos os fiéis, e muitos pediram a redacção de uma síntese autorizada, segura e completa. Com efeito, é indispensável que este texto reflicta fielmente o Catecismo da Igreja Católica, no que diz respeito aos aspectos essenciais da fé e da moral cristãs.

Também eu considero oportuna a proposta apresentada, e é por isso que lhe peço, Senhor Cardeal que, de acordo com a Secretaria de Estado, se encarregue de constituir uma Comissão Especial, com vista à preparação de um Compêndio do Catecismo da Igreja Católica. Esta Comissão, que será presidida por Vossa Eminência, deverá ser acompanhada de uma especial Comissão de Redacção.

O Compêndio do Catecismo da Igreja Católica deverá conter, de maneira resumida, os conteúdos essenciais e fundamentais da fé da Igreja, respeitando a sua inteireza e integridade doutrinais, de forma a constituir uma espécie de "vade-mécum", que permita às pessoas crentes e não crentes abarcar, num olhar de conjunto, todo o panorama da fé católica. Ele terá como fonte, como modelo e como ponto de referência constante o actual Catecismo da Igreja Católica que, conservando intactas a sua autoridade e a sua importância, nesta síntese poderá encontrar um estímulo a ser melhor aprofundado e, de modo mais geral, um ulterior instrumento de educação na fé.

Antes de ser aprovado, o Compêndio será submetido à avaliação de todos os Eminentíssimos Senhores Cardeais e dos Presidentes das várias Conferências Episcopais.

Estou consciente de que esta nova obra comportará um grande esforço mas, confiando na ajuda de Deus e conhecendo a capacidade e a diligência do Senhor Cardeal, assim como dos seus colaboradores, estou persuadido de que será concluída num período relativamente breve.

Eminência, enquanto lhe agradeço a dedicação constante que caracteriza o serviço que o Senhor Cardeal presta à Sé Apostólica, bem como a disponibilidade manifestada nesta circunstância, invoco sobre Vossa Eminência e sobre quantos hão-de colaborar para a realização do Compêndio do Catecismo da Igreja Católica, a protecção maternal de Maria Santíssima, Mãe do Verbo encarnado e, do íntimo do coração, concedo-vos a todos uma especial Bênção Apostólica.

Vaticano, 2 de Fevereiro de 2003.

 

PAPA JOÃO PAULO II

 

© Copyright 2003 - Libreria Editrice Vaticana 

 

top