The Holy See
back up
Search
riga

JOÃO PAULO II

CARTA DO SANTO PADRE POR OCASIÃO DO IV CONGRESSO EUCARÍSTICO DIOCESANO DE PERÚSIA - CITTÀ DELLA PIEVE (ITÁLIA)

      

Ao Venerado Irmão
D. GIUSEPPE CHIARETTI
Arcebispo
de Perúsia-Città della Pieve

  
1. Com grande satisfação tomei conhecimento de que essa Diocese está a celebrar o IV Congresso Eucarístico diocesano, que se concluirá no próximo dia 19 de Setembro em Perúsia, com a participação de Prelados e representantes das outras comunidades eclesiais da Úmbria. O tema "Sem o dia do Senhor não podemos viver" faz referência à minha Carta Apostólica "Dies Domini" sobre o domingo, termo importante para os cristãos que, desde os tempos apostólicos, o consideram como o "Dia do Senhor".

Em circunstância tão significativa, uno-me de bom grado a ti e à inteira Comunidade diocesana, que está a preparar activamente a fase conclusiva das celebrações. Envio a todos a minha saudação cordial, encorajando cada um a valorizar plenamente os dias do Congresso Eucarístico, evento que, sem dúvida, contribuirá para intensificar nos fiéis o impulso apostólico e missionário, na perspectiva do Grande Jubileu do Ano 2000.

2. Na verdade, o coração do Jubileu será precisamente a Eucaristia, mistério do amor divino, "evento e projecto de fraternidade" (Dies Domini, 72). Nesta passagem do segundo para o terceiro milénio, a Igreja sente que deve enfrentar com coragem renovada os desafios do momento presente. A uma humanidade em busca do sentido verdadeiro da vida e encaminhada  no  sentido  da  plena  realização  da justiça  e  da  paz,  ela  oferece  a  perspectiva  de descobrir na Eucaristia o lugar onde a fraternidade se torna concreta solidariedade, e os últimos são os primeiros na consideração e no afecto dos irmãos (cf. ibid., 71).

Em cada domingo, a comunidade eclesial se reúne à volta da Eucaristia para "fazer memória" da Páscoa do Senhor e anunciar a morte e ressurreição, "até que Ele venha" (1 Cor 11, 26). A Missa dominical torna-se assim, para os fiéis, constante ocasião de crescimento na fé. Dela parte uma onda de caridade, destinada a expandir-se em toda a sua vida (cf. Dies Domini, 72).

Possam os fiéis da Diocese de Perúsia-Città della Pieve aprofundar com renovado entusiasmo o valor e a importância da celebração dominical, "grande escola de caridade, de justiça e de paz" (Ibid., 73). O encontro orante com Deus na liturgia anime o seu empenho apostólico, vivido com incessante acção de graças ao Pai, rico em misericórdia.

3. Nutridos à mesa da Palavra e do Corpo de Cristo, morto e ressuscitado para a salvação de todos, os baptizados estão prontos a levar aos homens e às mulheres do nosso tempo o Evangelho da esperança, sentindo-se estimulados a contribuir, com todos os meios possíveis, para a edificação do Reino de Deus mediante o concreto testemunho da perene mensagem da salvação.
De todo o coração formulo votos por que este Congresso Eucarístico faça crescer nos fiéis da Diocese inteira o desejo da santidade, pressuposto indispensável para um empenho apostólico capaz de incidir na sociedade. Muito oportunamente, com efeito, é recordado ao longo das diversas etapas do Congresso que, ao lado da renovação dos métodos pastorais e das formas de evangelização, é preciso em primeiro lugar suscitar na inteira comunidade cristã um autêntico ardor de santidade.

Esta consciência deve estar bem viva em cada um dos agentes pastorais e de todos aqueles que, a vários títulos, cooperam na obra da nova evangelização. Como não fazer aqui referência à história da vossa terra, constelada de significativos testemunhos de mártires e santos, aos quais vos une uma sincera e  profunda  devoção?  Penso  em  São  Lourenço Diácono,  em  São  Constâncio,  em  Santo  Herculano,  nos  Santos  Gervásio  e  Protásio,  nos  numerosos confessores da fé, em particular, em São Francisco de Assis, que para com a Eucaristia teve um amor muito terno.
É-me  grato,  a  respeito  disso,  evocar  quanto  tive oportunidade de vos dizer por ocasião da minha visita a Perúsia em 1986:  "A vossa fé baseia-se sobre pedras  sólidas,  isto  é,  sobre  pessoas  que  testemunharam com o dom da própria vida a sua incondicionada dedicação ao Senhor" (Insegnamenti IX/2, 1986, 1242).

4. Esta multidão consistente de testemunhas sirva de encorajamento e estímulo à tua Diocese, para que clero, religiosos e leigos continuem a haurir força e entusiasmo nas fontes da santidade, recordando que uma Igreja "gloriosa, sem mancha nem ruga, mas santa e imaculada" (Ef 5, 27) é o antídoto mais eficaz contra as estruturas de pecado, que afligem e muitas vezes humilham a humanidade.

Asseguro de boa vontade a minha oração, para que o Congresso Eucarístico constitua um momento privilegiado de evangelização e traga à tua Diocese abundantes frutos de renovação espiritual e social. Ao invocar sobre ti, venerado Irmão, e sobre quantos participam nas diversas iniciativas do Congresso, a constante assistência divina, confio este particular momento da vida diocesana à intercessão de Maria Santíssima e de todos os Santos protectores da vossa terra.

Com estes sentimentos, envio-te uma especial Bênção, que faço extensiva aos sacerdotes, religiosos, religiosas, leigos empenhados em actividades pastorais e sociais e a todos os que fazem parte da amada Igreja de Perúsia e Città della Pieve.


Vaticano, 6 de Agosto de 1999.

   

 

top