The Holy See
back up
Search
riga

MENSAGEM DO PAPA JOÃO PAULO II
ASSINADA PELO CARDEAL ANGELO SODANO 
 POR OCASIÃO DA
XIX JORNADA MUNDIAL DA ALIMENTAÇÃO

15 de Outubro de 1999

 

 

Senhor Director-Geral

 Por ocasião da Jornada Mundial da Alimentação, Sua Santidade o Papa João Paulo II encarregou-me de transmitir o seu encorajamento a todos os membros da sua Organização, pela sua acção em favor de quantos sofrem de fome no mundo.

O tema escolhido neste ano, «Os jovens contra a fome», manifesta a intenção de todos vós de exortar os jovens a empenharem-se de modo cada vez mais resoluto na luta contra a fome, assim como por uma maior justiça na distribuição dos benefícios do desenvolvimento e por uma maior solidariedade entre as nações, perspectiva que constitui um dos objectivos principais da FAO. Esse convite é particularmente oportuno ao aproximar-se o Grande Jubileu do Ano 2000, uma vez que permite concretizar a aspiração à paz, comum a todos os povos do mundo. Num certo sentido, ele é um eco da mensagem que o Concílio Vaticano II dirigira aos jovens, a fim de que recolhessem «o facho das mãos dos (seus) antepassados», para construir a sociedade de amanhã.

A Igreja encoraja os protagonistas da sociedade a estarem sempre mais atentos às pessoas e aos povos, no respeito da dignidade, da liberdade e dos direitos de cada um. Ela tem confiança nos jovens que, portadores de um ideal, repletos de energia e desejosos de «dilatar» o próprio coração às dimensões do mundo, saberão fazer gestos proféticos e criar cadeias de solidariedade e de fraternidade, a fim de que amanhã já nenhum ser humano sofra, nem permaneça na miséria ou seja excluído das redes económicas e relacionais. Também o Papa exorta os jovens a agirem com maior firmeza a favor dos pobres da terra, de quantos têm fome, dos necessitados e dos marginalizados. É uma questão de justiça e de caridade, sem as quais o mundo perderia o seu sentido do homem e não poderia edificar a paz. Com efeito, a presença sobre a nossa terra de milhões de pessoas que ainda sofrem por causa da subalimentação é insuportável para a humanidade. Representa, além disso, uma ameaça verdadeira e permanente para a paz.

Sua Santidade convida, portanto, os jovens que aspiram a viver num mundo de fraternidade e de paz, a agirem em toda a circunstância por amor ao próximo, a fim de criarem as condições para a paz, a qual os jovens devem tornar a sua amiga preferida, que vive com eles numa invisível amizade (cf. Santo Agostinho, Sermões 357, n. 1).

É importante atrair a atenção dos homens e das mulheres do nosso tempo para a necessidade de vigiar sobre a boa administração e a correcta utilização da criação; compete-lhes educar os jovens para as realidades do planeta, despertar neles o sentido da dignidade do trabalho manual, em particular do agrícola, ensinar-lhes a consumir com moderação os recursos da nossa terra, a fim de a preservarem para as gerações futuras.

Nesta Jornada Mundial da Alimentação, o Santo Padre invoca as Bênçãos de Deus omnipotente sobre os representantes das Nações junto da FAO, sobre as pessoas que trabalham no âmbito dessa Organização e sobre quantos se unem à sua acção. Feliz por lhe transmitir esta mensagem da parte de Sua Santidade, receba, Senhor Director-Geral, a expressão da minha mais alta consideração. 

 

Card. ANGELO SODANO 
Secretário de Estado

 

 

 

top