The Holy See
back up
Search
riga

MENSAGEM DO PAPA JOÃO PAULO II
ÀS POPULAÇÕES DO SUDESTE ASIÁTICO
ATINGIDAS PELO "TSUNAMI"

 

A Sua Ex.cia Rev.ma D. PAUL JOSEF CORDES
Presidente do Pontifício Conselho "Cor Unum"


A enorme devastação e perda de vidas, associada ao recente terremoto e maremoto no sudeste asiático, tem sido acompanhada por uma generosa solidariedade do mundo inteiro, juntamente com uma mobilização maciça de assistência humanitária. Estou profundamente grato pelos esforços levados a cabo pelo Presidente do Pontifício Conselho "Cor Unum" e pelas numerosas agências internacionais católicas de caridade, que estão a contribuir para socorrer as populações atingidas por esta imensa calamidade natural. No momento em que Vossa Excelência está a partir para visitar essa região, gostaria de transmitir a certeza da minha solicitude e proximidade na oração a todas as pessoas feridas pela tragédia e pelas consequências da mesma.

Uno-me de modo particular aos meus queridos fiéis católicos e a todos os crentes, confiando as vítimas desta terrível calamidade à misericórdia infinita de Deus Todo-Poderoso e implorando a divina consolação sobre as pessoas feridas, enlutadas e desabrigadas. Rezo a fim de que a solidariedade manifestada pelos nossos irmãos e irmãs do mundo inteiro seja uma fonte de encorajamento, de perseverança e de esperança para todos, na ingente obra de reconstrução que se apresenta. De igual modo, exorto os seguidores das diferentes religiões a trabalhar em conjunto para oferecer alívio e assistência àqueles que se encontram em necessidade. Que esta catástrofe leve, com a graça de Deus, a um futuro de maior generosidade, cooperação e unidade no serviço ao bem comum da parte dos indivíduos, dos povos e das nações.

Enquanto indico a todos a luz do Evangelho, expresso a minha ardente esperança de que a comunidade cristã se deixe orientar por uma profunda confiança na misteriosa Providência de Deus e por uma união cada vez mais estreita com o Senhor Jesus, no mistério do seu sofrimento e da sua ressurreição. Invoco as dádivas divinas da sabedoria e da fortaleza sobre as autoridades civis e sobre todas as pessoas comprometidas nos esforços assistenciais. A Vossa Excelência, querido Irmão, e a todo o clero, aos religiosos e aos fiéis leigos das comunidades que serão visitadas, concedo cordialmente a minha Bênção Apostólica como penhor de graça e de paz no Senhor.

Vaticano, 22 de Janeiro de 2005.

JOÃO PAULO II


Copyright © Libreria Editrice Vaticana

top