The Holy See
back up
Search
riga

MENSAGEM URBI ET ORBI
DE SUA SANTIDADE JOÃO PAULO II

Domingo de Páscoa, 27 de março de 2005

 

1. Mane nobiscum Domine!
Fica connosco, Senhor! (cf. Lc 24,29).
Com estas palavras os discípulos de Emaús
convidaram o misterioso Viajante
a permanecer com eles, no entardecer
daquele primeiro dia depois do sábado
em que o inacreditável tinha acontecido.
Conforme a promessa, Cristo ressuscitara;
mas eles ainda não o sabiam.
Porém as palavras do Viajante ao longo do caminho
tinham aos poucos aquecido seus corações.
Por isso Lhe fizeram o convite: “Fica connosco”.
Depois, sentados em volta da mesa da ceia,
reconheceram-no ao “partir o pão”.
E logo a seguir Ele desapareceu.
Diante deles ficou o pão partido,
e no seus corações a douçura daquelas suas palavras.

2. Caríssimos Irmãos e Irmãs,
a Palavra e o Pão da Eucaristia,
mistério e dom da Páscoa,
permanecem ao longo dos séculos como memória perene
da paixão, morte e ressurreição de Cristo!
Também hoje, Páscoa da Ressurreição,
nós, com todos os cristãos do mundo repetimos:
Jesus, crucificado e ressuscitado, fica connosco!
Fica connosco, amigo fiel e seguro apoio
da humanidade a caminho pelas estradas da vida!
Tu, Palavra viva do Pai,
infunde certeza e esperança naqueles que buscam
o verdadeiro sentido da sua existência.
Tu, Pão de vida eterna, nutre o homem
faminto de verdade, liberdade, justiça e paz.

3. Fica connosco, Palavra viva do Pai,
e ensina-nos palavras e gestos de paz:
paz para a terra consagrada pelo teu sangue
e empapada com o sangue de tantas vítimas inocentes;
paz para os Países do Médio Oriente e da África,
onde continua a ser derramado muito sangue;
paz para toda a humanidade, sobre a qual sempre grava
o perigo de guerras fratricidas.
Fica connosco, Pão de vida eterna,
partido e distribuído entre os comensais:
dá-nos também a força de uma solidariedade generosa
para com as multidões que, ainda hoje,
sofrem e morrem de miséria e fome,
dizimadas por epidemias letais
ou prostradas por desastrosas catátrofes naturais.
Em virtude da tua Ressurreição
possam elas também participar de uma vida nova.

4. Também nós, homens e mulheres do terceiro milénio,
necessitamos de Ti, Senhor ressuscitado!
Fica connosco agora e até ao fim dos tempos.
Faz que o progresso material dos povos
jamais ofusque os valores espirituais
que são a alma da sua civilização.
Ampara-nos, Te suplicamos, no nosso caminho.
Nós cremos em Ti, em Ti esperamos,
pois só Tu tens palavras de vida eterna (cf. Jo 6,68)
Mane nobiscum, Domine!
Aleluia!


Do Vaticano, 27 de Março de 2005, Páscoa da Ressurreição.



top