The Holy See
back up
Search
riga

SOLENIDADE DA IMACULADA CONCEIÇÃO

ORAÇÃO DO PAPA JOÃO PAULO II
 EM HOMENAGEM À NOSSA SENHORA

Praça de Espanha
Sábado, 8 de Dezembro de 1979

 

Ave!

Hoje vimos saudar-Te, Maria, que foste escolhida para ser Mãe do Verbo Eterno.

Vimos a este lugar, guiados por especial tradição, e dizemos-Te: Ave! Bendita és, ó cheia de graça (Ave Maria, gratia plena).

Servimo-nos das palavras pronunciadas por Gabriel, Mensageiro da Santíssima Trindade.

Servimo-nos destas palavras, pronunciadas por todas as gerações do Povo de Deus, que no espaço já de quase dois milénios realiza a sua peregrinação nesta terra. Servimo-nos destas palavras, ditadas pelos nossos corações: Ave Maria, gratia plena: cheia de graça. Vimos hoje, no dia em que a Igreja com a maior veneração recorda a plenitude desta Graça, de que Deus Te encheu desde o primeiro momento da Tua conceição.

Enchem-nos de alegria as palavras do Apóstolo: Onde abundou o pecado, superabundou a graça (Rom 5, 20).

Alegramo-nos desta especial abundância de graça em Ti, que tem o nome de "Imaculada Conceição".

Vimos hoje a este lugar sobretudo nós Romanos, habitantes desta cidade, que a Providência Divina escolheu para ser a sé de Pedro e dos seus Sucessores. Vimos numerosos desde que Pio XII iniciou este gesto de filial homenagem, quase um século depois de Pio IX benzer este monumento à Imaculada. Vimos todos, embora não estejamos aqui todos presentes fisicamente; estamos todavia presentes em espírito.

Anciãos e jovens, pais e filhos, sãos e doentes, representantes das diversas condições e profissões, sacerdotes e religiosos e religiosas, autoridades civis da cidade de Roma, da província do Lácio, todos consideramos particular privilégio estar hoje aqui, juntamente com o Bispo de Roma, ao lado desta Coluna Mariana, para circundar-Te, Mãe, com a nossa veneração e o nosso amor.

Acolhe-nos, assim como somos, aqui ao Teu lado, neste encontro anual!

Acolhe-nos! Olha para os nossos corações! Acolhe as nossas preocupações e as nossas esperanças!

Ajuda-nos, Tu, Cheia de Graça, a viver na Graça, a perseverar na Graça e, se for necessário, a voltar à Graça do Deus Vivo, o que é o maior e sobrenatural bem do homem.

Prepara-nos para a Vinda do Teu Filho!

Acolhe-nos! com os nossos problemas de cada dia, as nossas fraquezas e deficiências, as nossas crises e as faltas pessoais, familiares e sociais.

Não permitas que percamos a boa vontade! Não permitas que percamos a sinceridade do conhecimento e a honestidade do proceder!

Com a Tua oração, consegue-nos a justiça. Salva a paz no mundo inteiro!

Dentro em pouco, nós todos nos afastaremos deste lugar. Desejamos porém voltar às nossas casas com esta alegre certeza: de que estás connosco, Tu, Imaculada. Tu há séculos escolhida para ser Mãe do Redentor. Estás connosco. Estás com Roma. Estás com a Igreja e com o mundo.

Amen.

 

© Copyright 1979 - Libreria Editrice Vaticana  

 

top