The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
 AOS MEMBROS DA « OBRA DA REALEZA »
NO CINQUENTENÁRIO DA FUNDAÇÃO

23 de Fevereiro de 1979

Queridos Irmãos e Irmãs

Começo por agradecer ao Senhor Cardeal Ferdinando Antonelli as estimadas palavras de saudação que me dirigiu também em vosso nome. E agradeço também a vós todos terdes querido fazer-me visita em tão grande número, como encerramento da 21ª Reunião Nacional Litúrgico-Pastoral, promovida pela "Obra da Realeza de Nosso Senhor Jesus Cristo".

Sei que estais a estudar o tema actualíssimo "Liturgia e formas de piedade, para uma renovação da piedade popular". Faço votos por que chegueis a colocar na justa luz, com o devido equilíbrio, a relação mútua que existe entre ambos estes importantes aspectos da vida religiosa cristã, de maneira que respeite cada um e favoreça as exigências e a identidade do outro.

Mas desejo também recordar que este ano decorre o quinquagésimo aniversário de fundação da mencionada "Obra da Realeza". Sei bem que essa associação se deve ao infatigável e benemérito Padre franciscano Agostino Gemelli, que lhe deu como característica a finalidade duma promoção dupla: litúrgica e ascética. É-me agradável reconhecer hoje cordialmente diante de vós o grande bem realizado por esta Instituição em tantos anos: quer com as numerosas publicações antigas e recentes, quer com as não poucas iniciativas de fecundos encontros de estudo e oração.

Alegra-me, pois, formular votos sinceros de novo desenvolvimento da "Obra", conforme o espírito do Fundador, em harmonia com outros Institutos semelhantes e em fiel colaboração com os Bispos: oxalá ela contribua sempre para educar e vivificar cristãmente extensos sectores da santa Igreja de Deus que está na Itália.

Com estes votos e com paternal afecto, a todos concedo uma especial Bênção Apostólica, em penhor das necessárias graças do céu.   

© Copyright 1979 - Libreria Editrice Vaticana

 

top