The Holy See
back up
Search
riga

SAUDAÇÃO DO PAPA JOÃO PAULO II
A UM CASAL DE ESPOSOS DURANTE
A CELEBRAÇÃO DO MATRIMÓNIO

Domingo, 25 de Fevereiro de 1979

 

Queridos Esposos

Daqui a pouco pronunciareis as palavras da promessa sacramental que, diante de Deus e da Igreja, vos fará cônjuges em Cristo Jesus. São palavras concisas (certamente as sabereis de cor), mas o significado, o peso específico e a força unitiva ,que têm, são excepcionalmente grandes. Prometendo-vos reciprocamente o amor, a fidelidade e a honestidade matrimonial, não só confirmareis de novo aquilo de que prestam agora testemunho os vossos jovens corações mas, ao mesmo tempo, colocareis os fundamentos para a construção da casa do vosso futuro comum. O homem deve habitar na terra, e para nela habitar não precisa só dum edifício construído sobre um fundamento material; hoje precisa dum fundamento espiritual. O amor, a fidelidade e a honestidade matrimonial constituem este fundamento, único sobre o qual pode apoiar-se a comunidade matrimonial, o fundamento sobre o qual pode construir-se a habitação espiritual para a família futura.

Nós todos, aqui reunidos, damos grande importância a tais palavras que em breve ides pronunciar. Sabemos o valor que revestem essas palavras, para vós pessoalmente e, ao mesmo tempo, como importantes são para a Igreja e para a sociedade.

Uma só coisa desejamos para vós neste dia e acima de tudo pedimos a Deus: que tais palavras constituam o princípio de toda a vossa vida; que possais, com a ajuda da graça divina, realizá-las na vossa vida, observando reciprocamente os solenes compromissos que hoje, diante de Deus, mutuamente formulais.

Esteja sempre Cristo convosco. Não afasteis nunca os olhos d'Ele. Procurai-O com o pensamento, com o coração e com a oração, para que Ele guie o vosso jovem amor para o desempenho dos graves encargos, de que a partir de hoje vós assumis a responsabilidade. E novos homens — os vossos filhos, o fruto que virá da vossa união — testemunhem que realizais fielmente o eterno desígnio de amor do próprio Criador, e encontrem depois, por meio de vós, o caminho para Cristo e para a Sua Igreja. Deste modo, dareis graças a Deus pelo amor que Ele despertou nos vossos corações e hoje permite que expresseis e confirmeis com este grande Sacramento.

 

© Copyright 1979 - Libreria Editrice Vaticana

 

top