The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
AO INSPECTORADO DE SEGURANÇA PÚBLICA
JUNTO DO VATICANO

Segunda-feira, 22 de Janeiro de 1979

 

Ilustres Senhores

Também vós desejastes vir ter com o Papa para lhe apresentar os vossos afectuosos bons votos de novo ano, há pouco iniciado.

A cada um de vós dirijo a minha saudação sincera e cordial, que faço chegar também à família de cada um de vós. A todos expresso o meu reconhecido apreço por esta visita e por tão gentis bons votos.

Ao Senhor Inspector-Chefe desejo, em seguida, patentear o meu agradecimento também pelas amáveis palavras, com que se tornou intérprete dos vossos sentimentos.

Alegro-me com este primeiro encontro convosco, que tendes a missão de velar pela ordem pública nas proximidades do Vaticano.

O encargo, que desempenhais com diligência e solicitude, é certamente importante e delicado; exige profundo sentido de responsabilidade e atitude de dedicação total ao próprio dever; requer força de vontade e dedicação ao ideal, num trabalho humilde e não espectacular, nem sempre de todo estimado pelo público, mas tão útil para o bem da comunidade.

Aproveito a ocasião para exortar-vos paternalmente a que estejais sempre à altura da vossa missão, e correspondais à confiança em vós depositada.

Depois, a vossa permanência no centro da Cristandade, aonde acorrem multidões imensas e contínuas para receber luz para a inteligência e conforto nas alternativas da vida; e o desempenho da vossa actividade não longe do Vigário de Cristo, que por divino mandato é "fundamento da Igreja" e "Mestre de verdade", vos ajudem a aprofundar cada vez mais a vossa fé cristã, e de vós exijam urna vida. exemplar. Faço votos por que as vossas convicções e a vossa coerência vos procurem alegria e consolação no cumprimento do vosso dever.

Prometo-vos uma recordação especial na oração: o Senhor esteja perto de vós nas fadigas e nas responsabilidades. E Nossa Senhora vos auxilie e acompanhe sempre.

Invocando sobre vós e as vossas famílias a abundância dos mais escolhidos dons celestes, de todo o coração concedo, a vós e aos que vos são queridos, a propiciadora Bênção Apostólica.

 

© Copyright 1979 - Libreria Editrice Vaticana

 

top