The Holy See
back up
Search
riga

VIAGEM APOSTÓLICA DO SANTO PADRE AOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA

AOS ESTUDANTES DAS ESCOLAS CATÓLICAS
NO «MADISON SQUARE GARDEN»

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II

  Nova Iorque, 3 de Outubro de 1979

 

Queridos jovens

Sinto-me feliz por estar convosco no Madison Square Garden. Hoje isto é um jardim de vida, onde os jovens estão vivos: vivos de esperança e de amor, vivos da vida de Cristo. E é em nome de Cristo que hoje eu saúdo cada um de vós.

Disseram-me que a maioria dentre vós vem de High Schools Católicas. Por isso, queria dizer alguma coisa sobre a educação católica, dizer-vos porquê julga a Igreja tão importante e consome tantas forças para conseguir dar a vós e a milhões doutros jovens uma educação católica. A resposta pode ser resumida numa palavra, numa pessoa, Jesus Cristo. A Igreja quer comunicar-vos Jesus Cristo.

1. Isto é tudo o que faz a educação, este é o significado da vida: conhecer a Cristo. Conhecer a Cristo como amigo, como alguém que vos quer bem a vós e está perto de vós, de todos os homens aqui e em toda a parte — quaisquer que sejam as línguas que falam, os modos como vestem e as cores da própria pele. E assim a finalidade da educação católica é comunicar-vos Cristo, de maneira que a vossa atitude para com os outros seja a de Cristo. Aproximais-vos daquele período da vossa vida em que deveis assumir uma responsabilidade pessoal para o vosso destino. Em breve tomareis decisões importantes que influirão em todo o andamento da vossa vida. Se estas decisões reflectirem a atitude de Cristo, a vossa educação terá triunfado.

Deveis aprender a aceitar as exigências e também as crises, à luz da Cruz e da Ressurreição de Cristo.

É parte da nossa educação católica aprender a descobrir as necessidades dos outros; ter a coragem de praticar aquilo em que acreditamos. Com a ajuda duma educação católica, procuramos enfrentar qualquer circunstância da vida com a atitude de Cristo. Sim, a Igreja quer comunicar-vos Cristo, para atingirdes a plena maturidade n'Ele, que é homem perfeito e ao mesmo tempo o Filho de Deus.

2. Queridos jovens, vós, e eu, e nós todos juntos, formamos a Igreja, e ,estamos convencidos que só em Cristo encontramos verdadeiro amor e a plenitude da vida.

Assim, convido-vos hoje a olhar para Cristo.

Quando estiverdes pasmados com o mistério de vós mesmos, olhai para Cristo que vos dá o significado da vida. Quando procurardes saber que significa estar uma pessoa já adulta, olhai para Cristo que é a plenitude do ser humano.

E quando procurardes imaginar qual será o vosso papel no futuro do mundo e dos Estados Unidos, olhai para Cristo. Só em Cristo realizareis as vossas possibilidades como cidadãos dos Estados Unidos e da comunidade mundial.

3. Ajudados pela vossa educação católica, recebestes o maior dos dons: o conhecimento de Cristo. Deste dom escreveu São Paulo: Na verdade, em tudo isso só vejo dano, comparado com o supremo conhecimento de Jesus Cristo, meu Senhor. Por Ele tudo desprezei e tenho em conta de esterco, a fim de ganhar Cristo (Flp 3, 8-9).

Sede sempre agradecidos a Deus por este dom de conhecer a Cristo. Sede agradecidos também aos vossos pais e à comunidade da Igreja que tornaram possível, com muitos sacrifícios, a vossa educação católica. Muito se espera de vós e se espera da vossa colaboração em testemunhar Cristo e transmitir a outros o Evangelho. A Igreja tem necessidade de vós. O mundo tem necessidade de vós, porque tem necessidade de Cristo e vós pertenceis a Cristo.

E assim peço-vos que aceiteis as vossas responsabilidades na Igreja, a responsabilidade da vossa educação católica: de ajudar — com as vossas palavras, e sobretudo com o exemplo da vossa vida — a difundir o Evangelho. Fazei-lo com a oração e com serdes justos, sinceros e puros.

Queridos jovens, sois chamados a testemunhar a vossa fé com uma vida verdadeiramente cristã e com a prática da religião. E, como as acções falam mais alto que as palavras, sois chamados a proclamar, com o proceder da vossa vida quotidiana, que verdadeiramente acreditais que Jesus Cristo é Senhor.

 

© Copyright 1979 - Libreria Editrice Vaticana

 

top