The Holy See
back up
Search
riga

VIAGEM APOSTÓLICA DO SANTO PADRE AOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA

PRECE DA MANHÃ NA CATEDRAL DE SÃO PATRÍCIO

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II

  Nova Iorque, 3 de Outubro de 1979

 

Queridos irmãos e irmãs

São Paulo pergunta: "Quem nos separará do amor de Cristo?". Enquanto permanecemos aquilo que somos, esta manhã — comunidade de oração unida em Cristo, comunidade eclesial de louvor e adoração do Pai — compreenderemos e experimentaremos a resposta: que ninguém — absolutamente nada — nos poderá nunca separar do amor de Cristo. Para nós hoje a Oração da manhã da Igreja é celebração alegre e comunitária do amor de Deus em Cristo.

O valor da Liturgia das Horas é enorme. Por seu meio, todos os fiéis, mas especialmente o clero e os religiosos, exercem uma função de capital importância: a oração de Cristo continua no mundo. O próprio Espírito Santo intercede pelo povo de Deus (Cfr. Rom 8, 27). A comunidade cristã glorifica com louvor e acção de graças a sabedoria, o poder, a providência e a salvação do nosso Deus.

Nesta oração de louvor, nós erguemos os nossos corações ao Pai de Nosso Senhor Jesus Cristo, levando connosco a angústia e as esperanças, as alegrias e as dores de todos os nossos irmãos e todas as nossas irmãs do mundo.

A nossa oração torna-se também escola de sensibilidade, porque nos dá consciência de quanto estão ligados entre si os nossos destinos na família humana. A nossa oração torna-se escola de amor — um género especial de amor cristão consagrado, pelo qual amamos o mundo, mas com o coração de Cristo.

Por meio desta oração de Cristo, a quem damos voz, o nosso dia fica santificado, as nossas actividades são transformadas e as nossas acções consagradas. Rezamos os mesmos salmos que Jesus rezou e entramos em contacto pessoal com Ele — a Pessoa para quem toda a Sagrada Escritura tende, o termo para que está dirigida toda a história.

Na nossa celebração da palavra de Deus, o mistério de Cristo abre-se diante de nós e envolve-nos; através de Cristo, tornamo-nos cada vez mais uma só coisa com todos os membros do Seu Corpo. Torna-se possível, como nunca antes, alongarmo-nos para abraçar o mundo, mas para o abraçar com Cristo: com generosidade autêntica, com amor puro e eficaz, no serviço, na cura das doenças e na reconciliação.

A eficácia da nossa oração dá especial honra ao Pai, porque é sempre feita por meio de Cristo e para glória do Seu nome: "Pedimos isto por meio de Nosso Senhor Jesus Cristo, Teu Filho, que vive e reina conTigo e com o Espírito Santo, um só Deus, por todos os séculos dos séculos".

Como comunidade de oração e de louvor, com a Liturgia das Horas colocada entre os actos mais importantes do dia — de todos os dias podemos estar certos que nada nos separará do amor de Deus que está em Jesus Cristo Nosso Senhor.

 

© Copyright 1979 - Libreria Editrice Vaticana

 

top