The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
 À ACÇÃO CATÓLICA FEMININA DO LUXEMBURGO

Segunda-feira, 14 de Abril de 1980

 

Queridas Jovens da Acção Católica Feminina do Luxemburgo

O Papa sente-se sempre muito feliz em abrir a sua casa e o seu coração a todos, e principalmente aos Jovens que ele gostaria de ajudar, por seu lado, a responsabilizarem-se pela própria vida e o próprio futuro.

Obrigado por terdes vindo visitar-me! E os meus melhores votos pelo pleno êxito da vossa estadia romana, centralizada em grande parte no aprofundamento de um tema que deve apaixonar-vos: "Sonho de um mundo novo". Não residem o sonho e a atracção do novo no coração dos jovens?

Sonhai, portanto, agora e sempre, no bom êxito da vossa vida e da dos outros! Uma vida sempre em busca de verdade, de liberdade bem compreendida, e, acima de tudo, de doação contínua aos outros! Uma tal concepção da existência, referida ao Cristo que veio para dar a vida em abundância, não pode deixar de vos colocar no caminho de um desabrochar autêntico das vossas pessoas e de um bom serviço à humanidade.

E vós sonhais com um mundo novo! Tendes razão! Esta ideia fixa de um mundo cada vez mais libertado daquilo que oprime os espíritos e os corações, daquilo que compromete ou degrada a vida interna das nações ou as suas relações recíprocas, contribui certamente para renovar o dinamismo de uma sociedade infelizmente mais propensa a instalar-se do que a elevar-se para o alto. Sonhai todavia de maneira realista! Com efeito, só a fidelidade ao presente vos libertará do medo ou das desilusões do futuro. E esta fidelidade exigente encarna-se necessariamente na busca quotidiana de uma sólida formação humana e, para vós jovens cristãs, na vossa pertença cada vez mais consciente a Jesus Cristo.

Tal fidelidade comportará momentos e impulsos maravilhosos, mas também dificuldades de trato com os outros, de orientação escolar, de inserção profissional, de ambiente de permissividade ou de cepticismo, de tentações de todo o género. Mas não duvideis jamais das vossas capacidades nem da força de Jesus Cristo que acompanha misteriosa e realmente a vossa fidelidade.

Queridas Jovens, o período litúrgico do tempo pascal comporta precisamente — para vós como para todos os baptizados conscientes do seu baptismo — uma graça particular e muito preciosa! A graça de aumentar a vossa certeza de que o Cristo, morto e ressuscitado, e acolhido na fé, vos torna capazes, hoje e onde viveis, de vencer, os obstáculos ao ' advento de um mundo novo em vós e em redor de vós!

Abençoo-vos de todo o coração, como também ao vosso caro País, o Luxemburgo.

 

© Copyright 1980 - Libreria Editrice Vaticana

 

top