The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
 AOS FIÉIS E FAMILIARES VINDOS A ROMA
 POR OCASIÃO DA ORDENAÇÃO EPISCOPAL
 DE D. GIOVANNI COPPA

Segunda-feira, 7 de Janeiro de 1980

 

Caríssimos Irmãos e Irmãs da Diocese de Alba

É me grato dirigir-vos, como também ao vosso zeloso Bispo aqui presente, D. Faustino Vallainc, a minha cordial saudação na festiva circunstância da vossa peregrinação a Roma para a Ordenação Episcopal de Dom Giovanni Coppa. É meu fiel colaborador, como já o foi por longos anos dos meus imediatos Predecessores. Mas é, também e antes de tudo, filho da vossa terra e membro ilustre da vossa Comunidade diocesana, de cuja vitalidade é digno fruto.

Fui informado, de facto, do dinamismo da vida católica de Alba, rica de fecundas e responsáveis contribuições para o crescimento e testemunho da Igreja do nosso tempo na Itália. Em particular, sei ainda que lá a Acção Católica sempre esteve florescente, a ponto de oferecer figuras excelentes e luminosas de Leigos, modelos de harmonioso conúbio entre fidelidade ao Evangelho e responsabilidade pelo mundo; aliás, é precisamente desta Associação que provém o próprio D. Giovanni Coppa. Também o Seminário diocesano goza de justificado prestígio pela sua longa tradição de estudo, principalmente nos vários ramos da Teologia, como ponto de referência não secundário no aprofundamento e na actualização da fé cristã. Mas na base de tudo sei que existe uma vida paroquial sólida e activa, que forma a verdadeira estrutura fundamental da Diocese; desejo portanto prestar homenagem a todos os Padres ocupados na cura de almas, quer a vós aqui presentes quer aos que ficaram na Diocese devido ao ministério dominical, e a todos os seus válidos colaboradores, pela própria dedicação inteligente e generosa. Não quero, nem sequer, esquecer que os zelosos sacerdotes de Alba dão significativo testemunho de amor eclesial, cheio de sacrifício, quer no Quénia quer no Brasil.

Nesta altura, não posso deixar de exprimir um sentido voto, para que tanta riqueza de vida eclesial não só não enfraqueça, mas cresça cada vez mais em plenitude e eficácia evangélica, na certeza de que também esta Ordenação Episcopal contribuirá para vivificar a vossa realidade diocesana.

Deste voto quer ser penhor a paternal Bênção Apostólica que de coração concedo ao vosso Pastor, ao Novo Bispo e a todos vós aqui presentes, convidando-vos a levá-la aos vossos Entes queridos, em sinal da minha benevolência.

 

© Copyright 1980 - Libreria Editrice Vaticana

 

top