The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
POR OCASIÃO DO ENCERRAMENTO DO SÍNODO
EXTRAORDINÁRIO DA IGREJA CATÓLICA UCRANIANA

Quinta-feira, 27 de Setembro de 1980

 

Veneráveis Irmãos no Episcopado

Com a assistência do Senhor, felizmente chegámos à meta que tínhamos prefixado com a convocação deste Sínodo Extraordinário, ou seja, a nomeação de um Arcebispo Coadjutor, com direito de sucessão, do nosso venerado Irmão, o Senhor Cardeal Josyf Slipyj, Arcebispo-Mor de Leópolis dos Ucranianos.

Desejo manifestar-vos, antes de tudo, a minha viva satisfação por ter podido ver com que sentido de responsabilidade cumpristes o vosso dever.

O Senhor certamente vos recompensará.

Vendo a Vossa Assembleia, espontaneamente recordei-me da frase do Salmista: Ecce quam bomum et quam jucundum habitare fratres in unum (Sl 132, 1). Oh! como é bom, como é agradável para irmãos unidos viverem juntos.

Depois de ter longamente reflectido e invocado na oração o auxílio do Senhor, cheguei à determinação de nomear Coadjutor com direito de sucessão do Em.mo Cardeal Josyf Slipyj, Sua Ex.cia Rev.ma D. Myroslav Ivan Lubachivsky, Metropolita de Filadélfia dos Ucranianos. Ele é o primeiro da lista apresentada.

Tornam-no digno de encargo tão elevado, além disso, a sua notável piedade, o seu zelo apostólico, a sua preparação científica e os belos dotes de mansidão e humildade que adornam a sua alma. Nele deposito a minha confiança, desejando-lhe os mais vivos e cordiais votos. Ele será para Vossa Eminência um digno e idóneo Coadjutor.

Vós todos, veneráveis Irmãos, retornais agora para os vossos cuidados pastorais, contentes por ter podido contribuir, de maneira tão evidente, para a provisão que constitui urna valiosa protecção e uma singular honra para a Vossa Igreja.

Este feliz momento sinodal deverá permanecer, como sinal de unidade de acção e comunhão de almas "in vinculo pacis", e orientar o vosso apostolado em estreita união de sentimentos e propósitos com todos os fiéis desta porção da Igreja Universal.

Na comum preocupação do meu e do vosso ânimo para o bem da Igreja Ucraniana, recomendo ao vosso zelo pastoral a "santa causa" das vocações sacerdotais, com o voto e a oração por que os candidatos "in sorte Domini vocati" cresçam e se formem "in spem Ecclesiae Ucrainae".

Pela intercessão da Mãe de Deus, imploro do Senhor, sobre todos Vós, sobre o clero, religiosos, religiosas e todos os fiéis da Igreja Ucraniana, a alegria do amor pascal e a plenitude de toda a consolação.

 

© Copyright 1980 - Libreria Editrice Vaticana

 

top