The Holy See
back up
Search
riga

VISITA DO DO PAPA JOÃO PAULO II
 AO COLÉGIO URBANIANO
E À PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE URBANIANA

DISCURSO DO SANTO PADRE
NA INAUGURAÇÃO DO «AUDITÓRIO JOÃO PAULO II»

Domingo, 19 de Outubro de 1980

 

De bom grado vim hoje aqui, ao Janícolo, para um encontro que envolve as características da universalidade, devido à presença dos Padres Sinodais vindos a Roma de todas as partes do mundo para debaterem os problemas da família no nosso tempo.

Este encontro realiza-se significativamente em coincidência com o Dia Missionário Mundial, instituído com sábia previdência pelo meu Predecessor Pio XI, justamente definido o "Papa das Missões"; Dia que me ofereceu a consoladora ocasião de entregar, na Basílica de São Pedro, o Crucifixo a numerosos missionários e missionárias, prontos a partir, com todo o ardor que a nobilíssima causa exige, para o campo ainda vastíssimo da evangelização.

Subo a esta Colina, recordando que Paulo VI, o meu grande Predecessor, realizou também ele e precisamente em coincidência com o Dia Missionário Mundial de 1974, durante o Sínodo daquele ano, com os Padres Sinodais então presentes, uma visita memorável ao Colégio Urbano, tão antigo e tão glorioso, justamente para salientar a sua providencial, perene e insubstituível função.

É para mim motivo de particular alegria encontrar-me aqui, conservando ainda no espírito a recordação da visita feita no ano passado à sede do Discastério, na "Piazza di Spagna", segundo o programa dos encontros, directos e pessoais, com os meus mais próximos e directos colaboradores nos Organismos da Cúria Romana.

Ao encontrar-me neste "Auditório", posso constatar com os meus olhos que se trata de uma construção felizmente realizada, com sentido de arte e critérios de razoável funcionalidade. É uma nova obra que vem enriquecer, juntamente com a Biblioteca recentemente inaugurada e a vizinha sede do ampliado "Foyer Paulo VI", as estruturas próprias da Pontifícia Universidade Urbaniana.

Desejo exprimir ao Sagrado Dicastério missionário e, em particular, ao seu dedicado Prefeito toda a minha satisfação e o meu reconhecimento.

Faço votos, portanto, por que também este instrumento seja um meio

verdadeiramente válido, que a Sagrada Congregação para a Evangelização dos Povos e, de modo especial, a Pontifícia Universidade Urbaniana, saibam usufruir com oportunas iniciativas para continuar as nobres tradições que as distinguem.

Precisamente nesta sede, circundado pelos Padres Sinodais, muitos dos quais, Cardeais e Bispos, provêm das sedes dos Continentes onde a evangelização missionária ainda se expande, é-me grato, com renovada confiança, desejar que a mesma Congregação, estimulada pelo Mandato que lhe é confiado pela Sé Apostólica, saiba adoptar "com sabedoria uma oportuna flexibilidade das formas do anúncio do Evangelho, para o tornar a Mensagem Divina não só compreensível mas aceita pelas populações de todas as culturas".

 

© Copyright 1980 - Libreria Editrice Vaticana

 

top