The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
A UM GRUPO DE OFICIAIS
E CADETES DA MARINHA ARGENTINA

Castel Gandolfo
Sexta-feira, 19 de Setembro de 1980

 

Saúdo-vos com afecto, cadetes da Armada Argentina, que em companhia dos vossos Oficiais e companheiros bolsistas de outros países, quisestes ter este encontro com o Sucessor de Pedro, como prova de adesão filial.

"Libertad", nome do navio-escola com que sulcais os mares e visitais tantas nações, é um convite permanente a orientar a vossa vida conforme os critérios de liberdade dos filhos de Deus. São Paulo afirma que a liberdade cristã é total (cf. 1 Cor 6, 12), mas na medida em que se deixa guiar pelo sentido de responsabilidade para com o próximo e para consigo mesmo, servindo-se assim a Deus. Somente a liberdade entendida deste modo torna possível a construção da paz.

A Igreja esforça-se por que essa sociedade, de que fazeis parte, respeite a dignidade, a liberdade e o direito das pessoas, e essas pessoas sois também vós. Em nome de Cristo exorto-vos a alargardes os vossos corações segundo as dimensões do mundo e a aplicardes as vossas energias ao serviço dos irmãos. Sede generosos e sinceros. Colaborai na edificação de um mundo melhor onde reine sempre a paz, fruto da liberdade, do amor e da justiça.

Com estes votos animo-vos a prosseguirdes a singradura da vossa vida. Oxalá o Espírito do Senhor vos guie sempre! Em penhor da constante assistência divina, concedo-vos de coração a vós e às vossas familiar a Bênção Apostólica.

 

© Copyright 1980 - Libreria Editrice Vaticana

 

top