The Holy See
back up
Search
riga

VIAGEM APOSTÓLICA DO SANTO PADRE
AO EXTREMO ORIENTE (PAQUISTÃO, FILIPINAS,
GUAM, JAPÃO E ALASKA)

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
NA CERIMÓNIA DE BOAS-VINDAS À ILHA DE GUAM

Aeroporto Internacional de Agaña
Domingo, 22 de Fevereiro de 1981

 

Caros irmãos e irmãs

1. Com o coração transbordante de gratidão, piso o solo desta vossa terra natal e beijo-a como expressão do meu respeito e de reverência ao povo deste território. Ao mesmo tempo agradeço a Deus Todo-Poderoso, cuja maravilhosa Providência me permite saudar a população de Guam e de todas as Ilhas Marianas.

Gof Magof na hai hu bisita i bonito na tano miyo yau hamyu man famaguon Yuos. (Estou feliz por ver a vossa bela ilha e a vós, filhos de Deus).

Gof magof yo na hu bisita hamyu ni i taotao islas Pacifico. (Estou feliz por estar convosco, povos das ilhas do Pacífico).

Percorri grande distância para poder-vos dizer pessoalmente o quanto estais junto do Bispo de Roma nos seus pensamentos e nas suas orações. E, por causa deste afecto que tenho por vós, sinto particular consolação na alegria do nosso encontro.

Desejo por isso dirigir uma palavra de amizade a cada um e a todas as pessoas, em todo este vasto território da Micronésia: a todos os esposos, aos jovens, às crianças, aos anciãos, aos que sofrem, aos doentes e aos inválidos. Saúdo-vos a todos com estima cordial. Como desejaria, se possível fosse, falar com cada um de vós: visitar as vossas casas, rezar nas vossas igrejas, conhecer os vossos sofrimentos como também as vossas esperanças e aspirações! Mas não posso fazê-lo e devo limitar-me a um restrito programa. Todavia, quero que saibais que, profundamente interessado pelo vosso bem-estar, compartilho estas horas convosco.

2. Terei breve encontro com os representantes do clero católico e dos religiosos que trabalham no meio de vós. Por mais de três séculos a Igreja ofereceu o dom do tesouro da fé ao povo de Guam. E como foi recebida generosamente aquela mensagem! Num espírito de esperança foi iniciada a obra de evangelização neste território, e está a prosperar. Oxalá a Igreja em Guam e todos vós que sois membros desta Igreja continue a proclamar e a viver fielmente o Evangelho, servindo a todos! Oxalá testemunheis com zelo os verdadeiros valores morais em meio de um mundo muitas vezes confuso e transviado! E possais permanecer firmes contra qualquer tentativa para vos desencorajar na realização da plena maturidade em Cristo!

3. Irmãos e irmãs de Guam e das Marianas, nós vivemos um particular momento da história humana. Os progressos da ciência e da tecnologia abriram-nos possibilidades novas para a construção de uma sociedade mais justa. Uma consciência mais profunda dos direitos de todos os homens dá nova esperança e positiva certeza de uma ordem do mundo mais pacífica. As rápidas comunicações permitem-nos compreender os outros povos, de maneira mais directa e pessoal de quanto se teve antes. Aproveitemos as possibilidades da nossa época para favorecer em toda a parte a dignidade dos povos.

Dado que juntos nos reunimos neste dia e neste lugar, confirmemos o nosso propósito de amor recíproco e de querer bem a todos os outros. Com a graça de Deus os nossos esforços alcançarão êxito. Assim Deus permita!

Hu guiya todos hamyu! (Amo-vos a todos!)

 

© Copyright 1981 - Libreria Editrice Vaticana

 

top