The Holy See
back up
Search
riga

SAUDAÇÃO DO PAPA JOÃO PAULO II
AOS CAVALEIROS DO SANTO SEPULCRO DE JERUSALÉM

Quinta-feira, 26 de Março de 1981

 

Senhor Cardeal! Excelência!
Ilustres Senhores!

1. É-me grato dirigir-vos uma breve mas cordial palavra de saudação e boas-vindas a este encontro familiar, por ocasião da vossa reunião em Roma, na qualidade de Membros do Grão-Mestrado da Ordem Equestre do Santo Sepulcro de Jerusalém.

Agradeço vivamente as cordiais expressões que o Cardeal Maximiliano de Fürstenberg, fazendo-se intérprete dos vossos comuns sentimentos, se aprouve dirigir-me.

Mas exprimo-vos sobretudo sincera satisfação pela vasta e múltipla actividade que vós, com a solícita colaboração dos mais de 10.000 Cavaleiros e Damas, membros da Ordem, realizais para satisfazer as necessidades espirituais e sociais dos cristãos, residentes na Terra Santa: necessidades deveras graves que não podem deixar-nos indiferentes, como já recordei no domingo passado durante a reza do Angelus.

2. Em particular, tomei conhecimento, com igual satisfação, do relatório mediante o qual me expusestes os esforços por vós realizados para ajudar as obras e as instituições do Patriarcado Latino de Jerusalém; as escolas católicas, entre as quais a Universidade de Belém, o Seminário patriarcal e os hospitais espalhados por toda aquela região.

A honra que vos cabe de pertencerdes à vossa Ordem Equestre, vos faça sentir sempre e cada vez mais encargo e a responsabilidade de distinguir o vosso trabalho com uma vida exemplarmente cristã e com adesão coerente, generosa e desinteressada a Cristo e à Igreja. Deste modo enriqueceis realmente a vossa Ordem de méritos insignes e de verdadeira glória, e dareis ao mundo a melhor confirmação da razão da existência e do trabalho da mesma.

3. Por meu lado, seguindo o exemplo dos meus venerados Predecessores, reafirmo-vos o meu apreço e o meu encorajamento a continuardes, sem desfalecer, a obra benéfica que está em coincidência com a minha solicitude por aquela Terra santificada pela passagem do Senhor e dos seus Apóstolos, e para a qual, na oração, dirijo quotidianamente o meu pensamento e o meu coração.

Com estes sentimentos e estes votos, desejo-vos todo o bom êxito no vosso compromisso e concedo-vos a propiciadora Bênção Apostólica, que de bom grado faço extensiva a todos os membros da vossa Associação.

 

© Copyright 1981 - Libreria Editrice Vaticana

 

top