The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
 AOS DIRIGENTES E AOS ATLETAS
DA EQUIPA ITALIANA DE FUTEBOL "CAGLIARI"

Sábado, 28 de Março de 1981

 

1. É-me grato este encontro convosco, Dirigentes e Atletas da equipa de futebol do "Cagliari", que, como hóspedes da Cidade eterna para uma competição do campeonato, viestes aqui acompanhados dos vossos familiares.

Saúdo-vos com sincera cordialidade. A vossa visita faz-me tornar jovem no meio dos jovens, porque evoca em mim recordações longínquas no tempo, mas sempre queridas, quando tive também eu ocasião de participar — como tantos na idade juvenil — em disputas de futebol.

Vós representais aquele mundo futebolístico que todos os domingos arrasta massas de pessoas para os estádios, e ao qual os meios de comunicação social dedicam grande espaço. A todos aqueles que vos observam e admiram, deveis oferecer, evidentemente, o espectáculo do jogo, mas recordai-vos que faz parte do vosso dever dar também o exemplo do exercício daquelas virtudes, típicas do mundo agonístico, que devem representar em primeiro lugar uni património vosso pessoal.

Sabei, por conseguinte, distinguir-vos pela lealdade e honestidade, domínio do próprio físico e dos próprios reflexos, respeito pela pessoa e perfeição espiritual. Trata-se de valores que, adquiridos hoje mediante o desporto, vos servirão sempre, mesmo quando o corpo já não responder às exigências do jogo, mas o "desafio" da vida requerer igualmente o vosso empenho de homens.

2. Gosto muito de dirigir o meu pensamento para a vossa bela e ilustre cidade de Cagliari, na qual está sobranceiro o Santuário de Nossa Senhora de Bonaria, e que quis dedicar a um Santo o estádio onde vos treinais e ofereceis ao público a prova da vossa habilidade.

Desejo de coração que a lembrança de Santo Elias seja para vós estímulo para um empenho cada vez maior nos vossos deveres de desportistas e, sobretudo, de homens e de cristãos. Desejo também que o exercício das competições desportivas e o motivo de distensão serena que elas têm em vista oferecer, contribuam para o aperfeiçoamento não só das vossas pessoas, mas também da sociedade que vos segue com tanto interesse.

Com estes votos, invoco do Senhor sobre todos vós e sobre as pessoas que vos são queridas, grande efusão dos dons celestes, e de coração vos acompanho com a minha Bênção.

 

© Copyright 1981 - Libreria Editrice Vaticana

 

top