The Holy See
back up
Search
riga

PALAVRAS DO PAPA JOÃO PAULO II
POR OCASIÃO DA VISITA AO CEMITÉRIO
DO CAMPO VERANO DE ROMA

Domingo, 1 de Novembro de 1981

 

Encontrando-me na entrada deste cemitério romano aonde hoje se dirigem em visita numerosos fiéis da nossa cidade, desejo recordar as palavras de Cristo no Sermão da Montanha, que a liturgia da solenidade de Todos os Santos nos faz ler:

"Bem-aventurados os pobres em espírito, porque deles é o reino dos céus.

Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados.

Bem-aventurados os mansos, porque possuirão a terra.

Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados.

Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia,

Bem-aventurados os puros de coração, porque verão a Deus.

Bem-aventurados os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus.

Bem-aventurados os que sofrem perseguição, por causa da justiça, porque deles é o reino dos Céus.

Bem-aventurados sereis quando vos insultarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o género de calúnias contra vós, por minha causa.

Exultai e alegrai-vos, porque grande será a vossa recompensa nos Céus" (Mt 5, 3-12).

As oito bem-aventuranças são o código evangélico da santidade, no qual se inspiraram e mantiveram fiéis até ao fim todos aqueles que a Igreja hoje recorda com tanta veneração e amor!

Oxalá as palavras de Cristo no Sermão da Montanha se tornem para todos os nossos Irmãos e Irmãs, que repousam neste cemitério do Campo Verano e em todos os cemitérios da Urbe e do Orbe, a Boa Nova da eterna salvação.

Seja deles o reino dos céus.

O possuam como uma "Terra Prometida".

Gozem a alegria eterna.

Sejam saciados na sua fome e sede de justiça.

Sejam chamados para sempre filhos de Deus.

Vejam Deus face a face.

A sua alegria e felicidade sejam plenas e sem limites.

Rezemos:

"Ó Deus, glória dos crentes e vida dos justos, que nos salvastes com a morte e ressurreição do vosso Filho, sede misericordioso com os nossos irmãos defuntos; quando estavam entre nós eles professaram a fé na ressurreição, e dai-lhes a bem-aventurança sem fim. Por Cristo Nosso Senhor".

Celebrarei agora a santa Missa na Basílica de São Lourenço fora dos Muros, junto do Campo Verano, na qual se realizará ao mesmo tempo a visita pastoral à Paróquia.

Os Sacerdotes de Roma, aqui presentes para recordarem os defuntos das paróquias da nossa Cidade, concelebração juntamente comigo a Eucaristia.

 

© Copyright 1981 Libreria Editrice Vaticana   

 

top