The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
AO GRUPO SICILIANO «JUVENTUDE FRANCISCANA»

Sexta-feira, 30 de Outubro de 1981

 

Caríssimos jovens!

É-me grato receber todos vós, pertencentes à "Juventude Franciscana" da Sicília, e dar-vos as minhas cordiais boas-vindas, como também aos Frades Menores Conventuais, que vos acompanharam a este encontro, na véspera da Reunião nacional em Assis.

Sei que estais a realizar, nas várias sedes sicilianas onde trabalhais, um interessante caminho de fé e de formação franciscana, inspirando-vos, em particular, na espiritualidade do Beato Maximiliano Kolbe, na dúplice celebração do 40º aniversário da morte e do decénio da sua elevação às honras dos altares. Sei que estais empenhados no ensino da catequese e em diversas obras de promoção social.

Congratulo-me sinceramente convosco não só porque alimentais estes ideais procurando traduzi-los na prática, mas também porque, fazendo-o, sois uma força para a Igreja e dais seguras garantias para o futuro do mundo. Prodigardes-vos vós pelos irmãos é sinal de que, apesar de tantas sombras, a luz resplandece no mundo, a boa vontade predomina sobre a indolência e se reforçam as premissas para um novo humanismo, que faça reencontrar os valores do amor, da amizade, da oração e da contemplação: igualmente características, estas, que foram sinais distintivos do "Poverello" de Assis e de quantos, como vós, seguem hoje as pegadas da sua fascinadora aventura, a oito séculos do seu nascimento.

Vós, que vos inspirais na figura seráfica de Francisco, não tenhais receio de testemunhar sempre e em toda a parte aquele estilo de vida, que foi próprio do Santo, e se tornou característico ao longo dos séculos por um sentido extraordinário de pobreza evangélica, de humildade e anticonformismo; e se distingue também pela decorosa simplicidade pessoal, pela atenção para com o irmão e pela fiel comunhão com a Igreja.

Desde o dia em que o Crucifixo da Capela de São Damião disse ao jovem Francisco: "Vai e repara a minha Igreja" (2 Cel. 10), ele fez-se intrépido defensor e restaurador da Igreja do seu tempo. Também vós fazeis o mesmo, caminhando pela estrada por Ele traçada. Na vossa estadia em Assis, renovai os vossos bons propósitos; e reconfortados nas fontes da inspiração franciscana, levai para as vossas casas e para as vossas Associações o exemplo da bondade e o testemunho das vossas certezas cristãs.

Acompanhe-vos sempre a minha: especial Bênção Apostólica que de bom grado vos concedo como também aos vossos Entes queridos.

 

© Copyright 1981 Libreria Editrice Vaticana   

 

top