The Holy See
back up
Search
riga

VIAGEM APOSTÓLICA DO SANTO PADRE
A NIGÉRIA, BENIN, GABÃO E GUINÉ EQUATORIAL

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
NA CERIMÓNIA DE CHEGADA NA NIGÉRIA

Aeroporto de Lagos
Sexta-feira, 12 de Fevereiro de 1982

 

Senhor Presidente
Eminência Cardeal Ekandem
meus Irmãos no Episcopado
dignos Chefes do Governo
estimados Dignitários e todo o Povo da Nigéria

Tenho a felicidade de pisar a vossa amada terra. Há muito tempo desejava fazer-vos esta visita e agora este desejo do meu coração está a ser satisfeito. Este é para mim um momento de grande alegria; perante mim revela-se uma visão de esperança.

1. Vim para reunir os fiéis de diferentes crenças religiosas — indivíduos e comunidades — e espero sinceramente que a minha presença entre vós exprima o amor e o respeito que tenho por todos, assim como a minha estima pelos apreciáveis valores religiosos que alimentais no espírito. Desejo manifestar solidariedade fraternal com todas as pessoas desta nação, que, mediante a sua Constituição, resolveram viver firme e solenemente, sob a protecção de Deus, na unidade e harmonia, e trabalhar para o bem-estar de todos. É meu desejo prestar homenagem ao contributo da Nigéria em favor da justiça, da paz e do desenvolvimento na África e para além dela, e apoiar todos os esforços para a construção de uma sociedade cada vez mais fraternal e humana.

2. Aos Católicos digo: venho para junto de vós em nome de Jesus Cristo, em visita que por natureza é pastoral. Venho para me encontrar convosco, para vos ouvir, para celebrar a Sagrada Eucaristia convosco e para vós. Venho para proclamar Jesus Cristo no meio de vós e para vos confirmar na fé e no amor para com Deus e para com todos os vossos irmãos e irmãs. Venho para encorajar os meus irmãos no Episcopado e os sacerdotes no trabalho de evangelização e no seu serviço generoso para com a humanidade.

3. Dirijo as minhas palavras de fraternidade a todos os sectores da comunidade nacional. O meu pensamento e afecto vão de maneira particular para os doentes, os anciãos e os deficientes, e para todos aqueles que experimentam o peso do sofrimento e das aflições. Espero poder unir-me a vós, para vos confortar. Aguardo com prazer antecipado a oportunidade de encorajar e estimular a juventude, e honrar todos os cidadãos da Nigéria.

Estou-vos profundamente grato por me terdes convidado a ser vosso hóspede, e peço a Deus que vos recompense por esta calorosa recepção. Deus nos conceda, a todos, dias de alegre encontro, celebração e oração.

Deus Todo-Poderoso e Misericordioso conceda à Nigéria todas as bênçãos de verdadeira prosperidade e paz. Deus abençoe a Nigéria!

 

© Copyright 1982 - Libreria Editrice Vaticana

 

top