The Holy See
back up
Search
riga

VIAGEM APOSTÓLICA DO SANTO PADRE
A NIGÉRIA, BENIN, GABÃO E GUINÉ EQUATORIAL

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
 AOS
REPRESENTANTES DAS OUTRAS IGREJAS CRISTÃS

 Nunciatura Apostólica de Lagos, Nigéria
Terça-feira, 16 de Fevereiro de 1982

 

Caros amigos em Nosso Senhor Jesus Cristo

1. É um grande prazer estar convosco, distintos e veneráveis Bispos e outros chefes das várias famílias religiosas cristãs na Nigéria. A minha visita pastoral, desde o momento em que foi programada, destinava-se a ter importante dimensão ecuménica, pois considero o empenho pela unidade de todos os cristãos como um elemento essencial no meu ministério como Bispo de Roma e Pastor da Igreja Católica. Realiza-se com este encontro um dos meus mais ardentes desejos. É-me grato saudar-vos no amor do nosso único Senhor: "A graça do Senhor nosso Jesus Cristo esteja com todos vós" (2 Tess. 3, 17).

A Igreja Católica tem muitas coisas em comum com as vossas diversas comunidades eclesiais. Somos todos baptizados em Cristo, que confessamos como o nosso Senhor e Salvador, e reconhecemos como "único mediador entre Deus e os homens" (1 Tim 2, 5). A Bíblia e de modo particular os Evangelhos são caros a todos nós, porque são a Palavra de Deus e a revelação do Seu amor salvífico. A nossa fundamental orientação religiosa é guiada pela nossa fé em Cristo, pelo nosso amor a Ele, e pelo nosso desejo de contribuir para a difusão do seu Reino nos corações de todos, entre todos os povos, em todo o tempo.

Compartilhamos também pareceres comuns sobre os direitos fundamentais do homem, sobre a justiça e a paz, sobre o desenvolvimento e a necessidade de se viver segundo a própria fé. Acreditamos que não deva haver aqui dicotomia entre a mensagem do Evangelho e o modo de viver cristão.

2. Se infelizmente é verdade que na Nigéria, como em outras partes do mundo, existe ainda o triste fenómeno da divisão entre cristãos, é também verdade que foram realizados progressos no campo do ecumenismo, tanto neste país como a nível internacional. A Igreja Católica está empenhada num frutuoso diálogo, a nível internacional, com muitas Igrejas e comunidades confessionais por vós representadas; e aqui, na Nigéria, o diálogo, formal e informal, entre vós e também entre vós a Igreja Católica e comunidades confessionais é maior do que no passado. Há também sempre maior colaboração a nível mundial em obras de serviço cristão e de caridade. Tudo isto encontra expressão também neste país. A Associação Cristã Nigeriana para a Saúde é uma sólida associação, dentre todos os institutos sanitários da Igreja neste vasto país. Muito de bem já realizou, especialmente nos seus relacionamentos com o Governo e em iniciativas para a colecta e a distribuição de remédios a preços reduzidos. Tudo isto é um testemunho comum da caridade de Cristo.

Também o vosso empenho comum com a Igreja Católica na Sociedade Bíblica da Nigéria deu resultados, especialmente em iniciativas comuns para a tradução da Bíblia em muitas línguas, e nas subvenções a fim de também os mais pobres poderem adquiri-la. Estes esforços são a expressão de verdadeiro zelo "para que a Palavra de Deus seja conhecida e glorificada" (2 Tess 3, 1).

Publicais também declarações conjuntas quando a ocasião assim o pede. Cuidais do importante lugar da Igreja e da religião nas escolas nigerianas. Promoveis, além disso, a unidade nacional e a compreensão também em outras direcções. Oxalá Deus abençoe todos estes esforços!

3. Tenho a esperança de que vós, cristãos nigerianos, rezareis ainda com mais fervor a fim de que o Espírito Santo vos dê o dom da perfeita unidade em Cristo. No momento presente, é necessário continuar as vossas iniciativas conjuntas de tradução da Bíblia, de diálogo e de comum testemunho de Cristo na Associação Cristã da Nigéria. Promover sempre mais o estudo dos ensinamentos de Cristo e das exigências morais da sua doutrina na vida cristã. Sobretudo, amai-vos uns aos outros como Cristo nos amou. Este é o seu especial mandamento.

Em todas estas direcções rezamos e trabalhamos, esperamos e caminhamos para o dia, conhecido por Deus só, quando seremos plenamente um em Cristo, quando celebraremos a única Eucaristia e beberemos do mesmo Cálice consagrado.

Agradeço-vos. Respeito-vos. Peço que Deus vos abençoe abundantemente. E que a paz de Cristo reine nos vossos corações.

 

© Copyright 1982 - Libreria Editrice Vaticana

 

top