The Holy See
back up
Search
riga

VIAGEM APOSTÓLICA DO SANTO PADRE
A NIGÉRIA, BENIN, GABÃO E GUINÉ EQUATORIAL

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
 
AOS MEMBROS DAS COMUNIDADES ESTRANGEIRAS
 PRESENTES NA NIGÉRIA

 Nunciatura Apostólica de Lagos, Nigéria
Terça-feira, 16 de Fevereiro de 1982

 

Caros amigos

É uma grande alegria encontrar-me convosco, todos vós cidadãos estrangeiros que viveis e trabalhais neste grande país. Muitos de vós vieram da Europa e alguns da minha querida pátria. Mas há também muitos vindos de outras nações africanas.

1. Viveis e trabalhais na Nigéria porque a Nigéria vos acolheu alegremente e porque a aceitais e respeitais. Estais neste país para realizar diferentes tarefas. Alguns de vós trabalham na indústria petrolífera, outros em grandes obras de engenharia civil e mecânica ou nas maiores indústrias. Alguns de vós são membros ou funcionários de organizações internacionais, enquanto outros se ocupam do ensino ou desenvolvem actividades no campo sanitário, da administração ou do comércio. Alguns de vós trabalham por conta própria.

2. A vossa presença e as vossas actividades na Nigéria são testemunho de fraternidade universal. Vós e os nigerianos demonstrais recíprocos sentimentos de fraternidade, de amizade; de cooperação e de solidariedade. Dais e recebeis. Os nigerianos também dão e recebem.

Sede leais a esta Nigéria que vos acolhe. Amai este país. Ajudai-o. Não façais nada que possa prejudicá-lo. Obedecei às suas leis. Respeitai os seus dirigentes e chefes. Ajudai a Nigéria a crescer. Tornai-vos amigos dos nigerianos. Sois ao mesmo tempo embaixadores não oficiais dos vossos diversos países. Lembrai-vos disto. Fazei com que a vossa conduta seja motivo de honra, de paz e de alegria para as vossas pátrias, e contribua para a consolidação das relações internacionais.

3. Não quereis perder a vossa identidade nacional. E tendes razão. As vossas próprias culturas encontram-se com a cultura nigeriana como amigos que procuram sempre conhecer-se melhor. Umas e outras se enriquecem.

Não vos esqueçais da religião e da sua prática durante a vossa permanência no exterior. Se surgirem problemas de língua, tratai com os Bispos, os sacerdotes e outros chefes religiosos para ver como o vosso grupo possa ser devidamente servido.

Todos vós, cidadãos estrangeiros que trabalhais na Nigéria, sabei que o Papa tem profundo interesse pelo bem-estar vosso e das vossas famílias, especialmente quando há separação física. Honrai sempre a Nigéria e a vossa pátria. Oxalá a bênção celeste desça abundantemente sobre todos vós!

 

© Copyright 1982 - Libreria Editrice Vaticana

 

top