The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
AOS CAPITULARES DA ORDEM
BASILIANA DE SÃO JOSAFÁT

Sala do Trono
Sexta-feira
, 9 de Julho de 1982

Seja louvado Jesus Cristo!
Irmãos caríssimos

É-me grato saudá-lo, Rev.do Padre Proto-Arquimandrita da Ordem Basiliana de São Josafat, com os Padres Consultores-Gerais e todos os Capitulares e os Religiosos da Casa Generalícia. Viestes das várias partes da Diáspora: do Canadá, dos Estados Unidos, do Brasil, da Argentina, com excepção, infelizmente, da terra de origem. Muitos destes Países foram visitados por mim e a vossa presença tão variada na sua proveniência geográfica desperta na minha alma uma festa de recordações recentes e remotas.

A celebração de um Capitulo é momento importante para um Instituto religioso; mas torna-se acontecimento singular, quando se lhe junta, como no Vosso caso, a comemoração centenária da Reforma Leonina, da vossa "Ínclita" Ordem: 1882-1982!: Reforma que tem o nome de Dobromyl.

Recordais e venerais justamente Leão XIII, o "reformador", dir-se-ia, da vossa Ordem.

E é portanto justo que o centenário vos veja reunidos, não só em Roma, mas precisamente à volta do Papa que alimenta para com a vossa Ordem a benevolência e a solicitude daquele seu grande Predecessor. Não se deve esquecer que na Reforma de Dobromyl a Ordem assumiu um quarto voto: "o da fidelidade e obediência à Sé Apostólica e aos Sucessores de São Pedro": voto que vos torna particularmente próximos e caros ao Papa.

A Reforma da Ordem foi um acto de sabedoria de Leão XIII mas foi também uma prova da generosidade espontânea dos novos recrutas e a demonstração da força que pode exercer um ideal levado à beleza das origens.

Na Carta Apostólica de Leão XIII intitulada Singulare praesidium há uma frase que ressoa como louvor e incitamento à vossa Ordem, da qual diz: "quo vigente, Ruthenorum viguit Ecclesia" ('61). O vigor da Igreja Ucraniana coincidia sempre com o vigor da vossa Ordem. Este laço histórico entre o destino da vossa Ordem e o destino da Igreja Ucraniana é para todos vós um convite a serdes o sal evangélico da vossa terra, o fermento da Comunidade Ucraniana.

Quereríamos que os sofrimentos e as aflições dos vossos irmãos, chamados a testemunhar a sua fé e a União com a Sé Apostólica em condições duras e não raro heróicas, fecundassem o vosso apostolado, vós que trabalhais para Cristo em clima de liberdade.

A Theotokos obtenha para eles a santa perseverança e vos cumule a vós de frutos apostólicos!

A vossa Ordem é intitulada não só a São Basílio o Grande, mas também a São Josafat, monge e bispo, que teve a coroa do martírio.

O testemunho do seu sangue seja um tesouro, um exemplo e um conforto para toda a vossa Ordem.

Sob o patrocínio de São Josafat, floresça e consolide-se a vossa Ordem, e a intercessão de Maria apresse os dias de paz para toda a Igreja Ucraniana.

Para todos, de coração, a minha Bênção Apostólica.

Seja louvado Jesus Cristo!

 

© Copyright 1982 - Libreria Editrice Vaticana

top