The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
 A UM GRUPO DO "LIONS CLUB INTERNATIONAL"
 DA FRANÇA

Segunda-feira, 14 de Junho de 1982

 

Senhoras e Senhores

Sinto-me feliz de vos receber e exprimir os meus votos cordiais pelas vossas pessoas e pelas vossas actividades.

Tive conhecimento da solidariedade que manifestastes para com o meu país natal, já há um ano, e que continuais a pô-la em prática, pois organizastes um Comité permanente de ajuda à Polónia. Em nome dos meus caros compatriotas, desejo vivamente agradecer-vos.

O presente momento internacional, infelizmente tão atormentado por factos de guerra, de modo notório no Líbano, nas ilhas Falklands-Malvinas, no Irão e Iraque, ou por tensões múltiplas, faz quem sabe às vezes esquecer os acontecimentos da Polónia. Mas os habitantes desse país continuam a ter necessidade de um auxílio mútuo para superar, além da sua provação moral, a penúria de produtos alimentares, farmacêuticos e outros, e vós, por vossa parte, contribuis com eficácia. Tem ele também necessidade de consideração, estima e amizade sinceras, e as vossas, sem dúvida alguma, hão-de acalentar o seu coração e a sua esperança. Levais avante uma cadeia de solidariedade que se estabeleceu muitas vezes ao longo da história entre os dois povos, polaco e francês. E estou certo de que, em troca, vós mesmos sereis beneficiários da sua calorosa amizade, do seu corajoso testemunho e da sua oração.

Ao fazer-me seu intérprete, reafirmo-vos a minha gratidão e os meus encorajamentos, e de todo o coração abençoo-vos, bem como as vossas famílias e todos os que trabalham com o mesmo espírito no "Lions Club International" da França, por vós representado.

Convido-vos a rezar pelo meu ministério e pela aceitação do testemunho que procuro levar em favor da paz e, amanhã, em Genebra, em favor da justiça social. Sim, precisamos de rezar e agir a fim de que os homens se deixem convencer pelos sentimentos de paz.

 

© Copyright 1982 - Libreria Editrice Vaticana

 
top