The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
 AOS PARTICIPANTES NO CONGRESSO
 «APOSTOLATUS MARIS»

Quarta-feira, 27 de Outubro de 1982

 

Queridos irmãos e irmãs em Cristo

1. Dá-me grande satisfação estar hoje aqui convosco, participantes no Congresso Mundial do Apostolado do Mar. O vosso encontro dá testemunho do profundo interesse pastoral que a Igreja tem pelos marinheiros do mundo e pelas suas famílias.

Estou satisfeito por terdes escolhido como tema do Congresso esta parte tão importante de todo o processo de evangelização que é conhecida como catequese; e em particular, por terdes dirigido a vossa atenção para a catequese dos marinheiros dentro do duplo contexto da sua vida marítima e familiar.

2. A Igreja deseja levar todos os baptizados a um conhecimento completo e mais sistemático da pessoa e da mensagem de Jesus Cristo. No cumprimento desta missão para com os marinheiros enfrentais os maiores desafios e tarefas difíceis. Tratais com pessoas que vivem num meio social disseminado, enfrentam problemas dolorosos, tais como a separação da família e amigos, e os consequentes sentimentos de isolamento e solidão; por longos períodos de tempo vivem e trabalham a grande distância de uma paróquia em terra firme. Na realidade, o mundo marítimo tornou-se um mundo missionário.

Recordai que não estais sós nesta formidável missão. Toda a Igreja está convosco na solicitude e oração. Além disso, a responsabilidade pela catequese cabe ao inteiro povo de Deus, trabalhando em conjunto com a hierarquia, em harmonia e segundo as diversas funções e dons de cada pessoa. Por esta razão, estou muito feliz em ver diante de mim hoje homens e mulheres de todo o mundo, Bispos e sacerdotes, religiosos e leigos, colaboradores, todos, no mesmo importante trabalho para Jesus e o Evangelho.

3. As Igrejas locais tem um papel especial a desempenhar no cuidado pastoral dos marinheiros e de outros grupos migrantes. Quanto a isto, estou satisfeito em ver que algumas Conferências Episcopais e Bispos locais, como também alguns Institutos religiosos masculinos e femininos têm tomado iniciativas especiais para ir ao encontro das novas e urgentes necessidades dos nossos dias. A responsabilidade da catequese também compete aos próprios marinheiros crentes que, em virtude do seu Baptismo, têm o privilégio e o dever de levar os seus irmãos e irmãs a um conhecimento mais profundo de Cristo e a uma intimidade mais estreita com ele. Grande ajuda é-lhes dada pelos centros de recepção da "Stella Maria" dos marinheiros e pela formação de comunidades cristãs que se dedicam de modo especial à mobilidade do mundo marítimo.

Ao examinardes os problemas e obstáculos, e ao verdes mais claramente os recursos e os meios disponíveis para este trabalho vital na Igreja, oxalá sejais repletos de renovada coragem e zelo. Oxalá o Espírito de Verdade e Amor ilumine as vossas mentes e os vossos corações e vos encha de esperança duradoira. A todos vós, às vossas famílias e amigos, aos vossos colaboradores nos vossos diversos países, e de modo especial nos mares e nos oceanos do mundo que são um connosco em Cristo, concedo a minha Bênção Apostólica.

 

 

Copyright © Libreria Editrice Vaticana

 

top