The Holy See
back up
Search
riga

VIAGEM APOSTÓLICA À COSTA RICA, NICARÁGUA, PANAMÁ,
EL SALVADOR, GUATEMALA, HONDURAS, BELIZE E HAITI

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
  NA CERIMÓNIA DE DESPEDIDA DE BELIZE

Aeroporto de Belize 
Quarta-feira, 9 de Março de 1983

 

Excelentíssimo Senhor Governador-Geral
meus Irmãos no Episcopado, caros amigos,
caros cidadãos de Belize

1. Agradeço à divina Providência ter-me trazido a Belize! Dou graças a Deus por esta oportunidade de estar hoje no meio de vós, por esta oportunidade de vos falar acerca do amor de Deus, da sua paz, do seu mandamento da caridade fraterna, por esta oportunidade de proclamar os desígnios de Deus que deseja um mundo onde a justiça, a liberdade e o respeito mútuo sejam a expressão autêntica de uma civilização baseada no amor.

Agradeço às Autoridades deste País o convite que me foi feito para vir até vós, e sinto-me igualmente reconhecido a todo este povo, pelas manifestações de simpatia a meu respeito, e pelas tão calorosas boas-vindas que me apresentaram.

2. Como jovem nação nesta parte do mundo, vós dais naturalmente uma grande importância à unidade. De facto, só trabalhando juntos em estreita harmonia cumprireis o vosso destino, construireis uma sociedade estável, e preparareis um futuro de paz para os vossos filhos e para os filhos dos vossos filhos. Por isso, tendes hoje o direito de ver as vossas esperanças confirmadas, e todos os vossos valorosos esforços e resoluções abençoados.

3. Como Pastor da Igreja universal, vim visitar os fiéis católicos de Belize e encorajá-los a conduzir a sua vida cristã de acordo com o Evangelho de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A todos encomendo à amorosa protecção da Mãe de Jesus, sob o seu carinhoso título de Nossa Senhora de Guadalupe. Vim igualmente para proclamar a todos o amor de Deus. Vim proclamar a dignidade da pessoa humana, e a esperança que ilumina o mundo quando irmãos e irmãs de todos os credos e origens étnicas vivem de acordo com aquela máxima tão clara e vigorosamente afirmada por Jesus Cristo quando disse: "O que quiserdes que vos façam os homens, fazei-o também a eles" (Mt. 7, 12).

Com profundo respeito, com amizade e amor, peço ao Senhor que oriente o destino deste país, de modo que a sua vida em todos os seus diversos aspectos "esteja cada vez mais de acordo com a inviolável dignidade do homem, e se torne cada vez mais humana" (cf. Redemptor hominis, 13). Que Deus abençoe Belize!

 

© Copyright 1983 - Libreria Editrice Vaticana

 

top