The Holy See
back up
Search
riga

SAUDAÇÃO DO PAPA JOÃO PAULO II
AO GRUPO DO PIO SODALÍCIO DOS
«PICENI»
DA REGIÃO DAS MARCAS (ITÁLIA)

16 de Março de 1997

 

Caríssimos Irmãos e Irmãs!

1. Tenho a alegria de me encontrar convosco, sócios do Pio Sodalício dos «Piceni» e representantes da numerosa e activa Comunidade dos fiéis originários da Região das Marcas, residentes em Roma, que estais justamente orgulhosos da esplêndida igreja de São Salvador «in Lauro», com o anexo conjunto monumental.

Dirijo uma saudação cordial ao vosso Presidente, Engenheiro Franco Santolini, a quem agradeço as amáveis palavras com que, há pouco, traçou um interessante quadro da vida e das actividades da associação. Saúdo também o Assistente eclesiástico, Mons. Carlo Liberati, e todos vós que, com a vossa presença, testemunhais a devoção e o afecto da inteira população da Região das Marcas para com o Papa.

2. Este nosso encontro oferece-me a grata oportunidade de exprimir vivo apreço pelo empenho do vosso benemérito Sodalício, na conservação e difusão dos tradicionais valores de fé, laboriosidade e solidariedade tão arraigados na vossa terra de origem. Nos quase quatro séculos de presença na Cidade eterna, os fiéis originários da Região das Marcas distinguiram-se, de facto, pela constante fidelidade à Igreja, pela promoção dum melhor conhecimento da história e da vida das Províncias das Marcas, pelas múltiplas iniciativas sustentadas no campo da formação, da assistência e do culto.

Esta igreja de São Salvador «in Lauro », com as anexas obras paroquiais, representa um testemunho eloquente da vossa colaboração nas actividades pastorais da Diocese e, sobretudo, do vosso empenho na difusão, entre os romanos e os peregrinos provenientes das diversas partes do globo, da devoção à Bem-aventurada Virgem de Loreto, de cuja venerada imagem conservais com amor neste lugar uma das cópias mais antigas e renomadas.

3. Esta minha Visita realiza-se a mais de um século de distância daquela que foi feita pelo meu venerado predecessor, o Papa Pio IX, depois de ter cuidado das restaurações do templo. Como tantas outras antigas igrejas da Urbe, este conjunto monumental testemunha a capacidade dos cidadãos de Roma de se integrarem com outros povos — neste caso com o nobre povo das Marcas — e o modo como, ao mesmo tempo, têm vivido e traduzido a mensagem evangélica em sugestivos testemunhos de arte e de cultura.

Ao agradecer-vos o vosso acolhimento extraordinário, faço votos por que continueis com sempre maior zelo apostólico a cooperar activamente para a difusão do Evangelho, de modo especial em vista do Grande Jubileu do Ano 2000. Exorto-vos a oferecer, como indivíduos e como associação, a vossa específica contribuição de vida espiritual e de iniciativas concretas, em sintonia com a Diocese de Roma, a fim de que os numerosos peregrinos possam encontrar no centro da Cidade comunidades cristãs hospitaleiras e dedicadas ao anúncio do Evangelho.

Com estes sentimentos, enquanto invoco sobre cada um dos presentes, sobre todos os sócios do Pio Sodalício dos «Piceni» e sobre a inteira Comunidade dos fiéis originários da Região das Marcas de Roma a protecção materna da Bem-aventurada Virgem de Loreto, concedo de coração a cada um de vós e às vossas famílias uma especial Bênção Apostólica.

 

 

 

top