The Holy See
back up
Search
riga

AUDIÊNCIA DO PAPA JOÃO PAULO II
AOS MEMBROS DO «AUTOMÓVEL CLUBE DA ITÁLIA
»

 

16 de Maio de 1998

 

 

Caríssimos Irmãos e Irmãs!

1. Tenho a alegria de poder encontrar-me convosco e apresento as minhas cordiais boas-vindas a todos vós, Dirigentes e Sócios do «Automóvel Clube da Itália», uma Associação que desde 1926, ano da sua fundação, presta um apreciado serviço no vasto sector da vida social ligada ao uso dos automóveis. Agradeço de modo particular ao Presidente, Senhor Rosário Alessi, as amáveis palavras com que, ao exprimir os sentimentos de todos vós, também delineou de modo muito claro as importantes actividades da Entidade.

Com a vossa obra procurais estabelecer um significativo ponto de encontro entre as justas expectativas dos automobilistas e as necessárias exigências da parte da autoridade governativa nacional. Numa época de rápidas mudanças, nem sempre é fácil a mediação que ofereceis entre as exigências das diversas componentes sociais. É importante jamais esquecer que qualquer serviço ao homem e às suas legítimas reivindicações deve tender para a promoção do verdadeiro bem e da dignidade da pessoa em todas as suas dimensões.

Faço votos, portanto, por que o vosso trabalho constitua um contributo qualificado para melhorar as condições de vida, satisfazendo os mais nobres anélitos presentes no coração do homem, promovendo o respeito e a defesa da vida e estendendo, ao mesmo tempo, a atenção à salvaguarda ecológica do meio ambiente, a ser conservado íntegro para as gerações futuras.

2. Todos nós reconhecemos o indispensável contributo que o automóvel fornece à actividade do homem, quer se refira ao âmbito do trabalho, do entretenimento ou do desporto. O desenvolvimento das vias de comunicação encurtaram de maneira notável as distâncias, aumentando as possibilidades de encontro e de intercâmbio cultural e económico e de solidariedade. Os modernos meios de transporte podem até facilitar e favorecer o trabalho apostólico e as actividades de apoio aos irmãos.

Nas finalidades institucionais da vossa Entidade, que com louvável esforço tem como primária consideração a tutela do valor da vida, estão depois compreendidas a instrução automobilística e a educação dos automobilistas. Trata-se de uma tarefa importante. Sabei aproximar, sobretudo os jovens, com iniciativas idóneas para que, ajudados a enfrentar a condução e rigorosamente preparados para o respeito das normas de segurança rodoviária, usem os automóveis de maneira correcta e responsável, de forma que não se tornem instrumentos de morte. É sempre muito elevado, infelizmente, o número das vítimas nos acidentes automobilísticos e nas estradas.

De grande relevo a este propósito é infundir em todos os motoristas um estilo de solidariedade e de socorro fraterno em favor de quantos vierem a encontrar-se em dificuldade nas estradas. São circunstâncias em que, como na parábola evangélica do bom Samaritano, gestos de amizade gratuita e de caridade aliviam a tristeza de quem é vítima dum defeito mecânico ou de um acidente rodoviário.

3. O vosso Presidente disse há pouco que, por ocasião do Grande Jubileu do Ano 2000, esta Associação, em colaboração com os Clubes do mundo inteiro, predispôs um programa extraordinário de assistência nas estradas para os numerosos peregrinos que vierem de automóvel a Roma. Estou-vos grato por esta iniciativa que, favorecendo o regular desenvolvimento do importante encontro jubilar, oferece um válido contributo para criar os pressupostos de uma adequada recepção da mensagem e dos conteúdos espirituais do Ano Santo.

Continuai a trabalhar na linha de uma correcta política de desenvolvimento automobilístico e rodoviário, inspirada nas exigências do bem comum. Ainda que às vezes este empenho possa comportar reacções momentâneas sugeridas por interesses de parte, com o tempo contribuirá para a criação de uma cultura de respeito pelo homem e de solidariedade em benefício de todos.

Com estes bons votos, enquanto vos agradeço esta visita, peço ao Senhor para vós, os vossos familiares e todos os membros do Automóvel Clube da Itália a abundância de paz e de prosperidade cristã, e de coração vos abençoo.

 

 

 

top