The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
À DELEGAÇÃO DA EX-REPÚBLICA
 JUGOSLAVA DA MACEDÓNIA

22 de Maio de 1998

 

 

Excelentíssimo Senhor Ministro
Ilustres Senhores

A festividade dos Santos Cirilo e Metódio trouxe-vos mais uma vez em peregrinação a Roma, cidade privilegiada por conservar as relíquias de São Cirilo. Estou feliz por vos saudar, no momento em que vindes homenagear este co-Padroeiro da Europa e reconfirmar o vosso empenho nos ideais da unidade e da solidariedade que ele e o seu irmão assumiram de forma tão eficaz nas suas vidas, consagradas à propagação da fé cristã.

De maneira muito real, os santos Irmãos de Salonica constituem pontes entre o Oriente e o Ocidente, vínculos que unem diferentes culturas e tradições numa única e rica herança, para o bem de toda a família humana. Para a Europa contemporânea e especialmente para os Balcãs, eles continuam a ser válidas testemunhas da necessidade da «reconciliação, da amistosa convivência, do desenvolvimento humano e do respeito da dignidade intrínseca de todas as Nações»  (Carta Encíclica Slavorum apostoli, 1), valores que são mais importantes do que nunca no limiar do novo Milénio. O testemunho das suas vidas revela a verdade perene de que só na caridade e na justiça a paz se torna uma realidade que abarca todos os corações humanos, supera o ódio e derrota o mal com o bem.

Queridos amigos, rezo para que a vossa peregrinação encha desta paz as vossas mentes e corações, enquanto peço a Deus Omnipotente que abençoe cada um de vós e os vossos concidadãos com a unidade e a boa vontade.

 

 

 

top