The Holy See
back up
Search
riga

 DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
 ÀS AUTORIDADES CIVIS DE CASTEL GANDOLFO

28 de Setembro de 1998

 

 

Senhor Presidente da Câmara Municipal
e Membros da Junta
e do Conselho Municipal de Castel Gandolfo
!

Ao concluir a minha permanência estiva em Castel Gandolfo, tenho a alegria de renovar este familiar encontro convosco e apresentar-vos a minha cordial saudação. Estou-lhe grato, Senhor Presidente da Câmara Municipal, pelas palavras que quis dirigir-me em nome também da Administração Municipal.

Também neste ano me foi oferecida efectiva colaboração a fim de que, por um lado, a minha permanência pudesse desenvolver-se serena e tranquila e, por outro, todos os que vinham aqui visitar-me encontrassem um ambiente ordenado e acolhedor. Este serviço, que tradicionalmente as autoridades civis de Castel Gandolfo prestam ao Bispo de Roma, adquire um valor e um significado ulteriores pelo espírito de que é animado: espírito de consciência cristã do significado da missão do Sucessor de Pedro, que é então acolhido com devoto afecto e respeitosa familiaridade.

Caríssimos, mais uma vez agradeço tudo isto a cada um de vós. Por vosso amável intermédio, quero além disso manifestar a expressão do meu reconhecimento a todos os habitantes de Castel Gandolfo. Quereria que um pensamento de especial gratidão chegasse a quantos estão doentes e são idosos, e oferecem pelo Papa e pelo Seu ministério os seus sofrimentos quotidianos, corroborados pela oração.

Agora que este tempo estivo excepcionalmente quente se conclui, retorno à minha sede habitual, no Vaticano. Mas asseguro-vos que não deixarei faltar à querida comunidade de Castel Gandolfo a minha lembrança na oração: pelas famílias, pelos jovens, por todos e cada um. Estou certo de que também vós e a população continuareis a estar próximos de mim.

Com estes sentimentos, de coração renovo a cada um de vós a minha Bênção, que faço extensiva à inteira população de Castel Gandolfo.

 

 

 

 

 

top