The Holy See
back up
Search
riga

MENSAGEM DO PAPA JOÃO PAULO II 
AOS JOVENS EUROPEUS REUNIDOS 
EM SANTIAGO DE COMPOSTELA

Sábado, 8 de Agosto de 1999

 

 Queridos jovens da Europa! 
Uma saudação muito afectuosa a todos os jovens europeus! 

1. Por ocasião do Encontro Europeu de Jovens, dirijo-me a vós, reunidos em Santiago de Compostela junto do túmulo do primeiro Apóstolo que deu a sua vida como testemunha do Senhor. Saúdo-vos de Roma, para vos expressar a minha grande confiança em vós e alegro-me por este Encontro, ao qual me uno em espírito como peregrino da fé. Durante dias ou semanas, a pé ou de modos diversos, percorrestes o Caminho de Santiago partindo de diferentes cidades e nações do nosso querido Velho Continente. Representais a juventude de toda a Europa: a Europa mediterrânea, a central e a nórdica, a Europa anglo-saxónica e a eslava. Sois a juventude europeia que, movida pela fé em Jesus Cristo, se pôs a caminho neste Ano Santo Compostelano, pórtico do Grande Jubileu do Ano 2000. 

2. Queridos Jovens: a Igreja olha para vós com confiança, conta convosco. Sois as gerações chamadas a transmitir o dom da fé ao novo milénio. Não desiludais a Cristo que, repleto de amor, vos chama ao seu seguimento e vos envia, como o apóstolo São Tiago, até aos confins da terra. Tomai nas vossas mãos o cajado do peregrino – que é a Palavra de Deus – e ide pelas estradas da Europa anunciando com coragem a Boa Nova de Cristo, o Homem perfeito, o Homem novo, que revela aos homens e às mulheres de todos os tempos a sua grandeza e a sua dignidade de filhos de Deus. Este é hoje o melhor serviço que podeis prestar na vossa vida, com toda a sua radical novidade. Uma novidade capaz de seduzir o coração da juventude pela sua beleza, bondade e verdade. 

3. Jovens da Europa: deixai-vos renovar por Cristo! A nova evangelização – da qual deveis ser protagonistas – começa por uma só coisa, pela conversão do coração a Cristo. Vivei em intimidade com Ele; descobri na oração as riquezas da sua pessoa e do seu mistério; recorrei a Ele quando necessitais da graça do perdão; buscai-O na Eucaristia, fonte da vida e servi-O nos pobres e necessitados que esperam a sua passagem benfeitora. Não vos conformeis com a mediocridade. O Reino dos céus é daqueles que se esforçam com tenacidade para entrar nele (cf. Lc 16, 16; Mt 11, 12). Como eu disse há dez anos nesse Monte do Gozo: não receeis ser santos! Tende a coragem e a humildade de vos apresentar diante do mundo decididos a ser santos, pois da santidade brota a liberdade plena e verdadeira. Esta aspiração ajudar-vos-á a descobrir o amor autêntico, não contaminado pela permissividade egoísta e alienante; far-vos-á crescer em humanidade mediante o estudo e o trabalho; abrir-vos-á a um possível chamado à doação total no sacerdócio ou na vida consagrada; converter- vos-á de «escravos» do poder, prazer, dinheiro ou carreira, em jovens livres, «senhores» da própria vida, sempre dispostos a servir o irmão necessitado, à imagem de Cristo servo, para dar testemunho do Evangelho da caridade.

4. À Virgem Maria, que no Pórtico da Glória da Catedral de Santiago de Compostela aparece representada com o expressivo gesto de aceitar a vontade divina, confio os frutos espirituais do Ano Jubilar Compostelano e deste Encontro Europeu de Jovens. Ela, que segundo uma piedosa tradição foi a válida sustentadora do apóstolo São Tiago, agora é chamada a guiar, como estrela do terceiro milénio, os passos evangelizadores dos novos apóstolos do Senhor na construção de uma Europa unida e amante da paz, fiel às suas raízes cristãs e aos valores autênticos que fizeram gloriosa a sua história e benéfica a sua presença nos demais continentes; uma Europa que ainda possa ser farol de civilização e estímulo de progresso para o mundo. 

5. Antes de concluir esta Mensagem, desejo saudar também os Senhores Bispos, os queridos sacerdotes, religiosos e religiosas e todos os que cooperam com eles na pastoral juvenil. Sobre todos vós, peregrinos de Compostela, invoco o «grande perdão» de Deus Pai, rico em misericórdia, e ao confiar-vos sob a poderosa protecção do Senhor São Tiago concedo-vos com grande afecto a Bênção Apostólica: no nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

 

© Copyright 1999 - Libreria Editrice Vaticana

top