The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
POR OCASIÃO DA INAUGURAÇÃO
DA NOVA ILUMINAÇÃO DA BASÍLICA VATICANA

Sexta-feira, 17 de Dezembro de 1999

Senhor Cardeal
Gentis Senhoras e Senhores!

1. A cada um de vós dou a minha saudação cordial. Estou muito feliz por vos acolher esta tarde, na qual temos a alegria de inaugurar a nova instalação de iluminação da Basílica de São Pedro.

Saúdo e agradeço de modo especial ao Cardeal Virgílio Noè, que se fez intérprete dos comuns sentimentos e quis ilustrar-me o conjunto dos trabalhos realizados e dos resultados obtidos. Saúdo o Presidente da ACEA, Dr. Fúlvio Vento, e o Administrador delegado, Dr. Paolo Cuccia, aos quais também exprimo gratidão pelas amáveis palavras que quiseram dirigir-me. Com eles saúdo os Representantes do Conselho de Administração, acompanhados de familiares e amigos.

2. Depois da importante intervenção de restauração que recentemente restituiu à fachada o seu esplendor original, conclui-se hoje mais uma iniciativa que valoriza esta Basílica, querida a todo o mundo católico. O encontro do Jubileu do Ano 2000, já às portas, impeliu os responsáveis pela Fábrica de São Pedro a pensarem numa significativa obra, que consentisse a peregrinos e visitantes apreciar, também nas horas nocturnas, a beleza do Templo.

A realização da nova iluminação da fachada, da grande cúpula, das pequenas cúpulas e da lanterna, foi conduzida pela empresa ACEA, com meios modernos e o emprego de aparelhagens idóneas a acentuar os elementos que, precisamente pela sua plasticidade, tornam único no mundo este edifício sagrado. Além disso, a óptima solução adoptada reduz a energia usada, na ordem de quarenta por cento, e ao mesmo tempo diminui substancialmente a poluição luminosa, estando os projectores postos atrás das arquitecturas.

Os fiéis que chegarem a Roma para prestar homenagem ao túmulo do Apóstolo Pedro e cruzar a Porta Santa para obterem a indulgência do Jubileu, poderão assim admirar, também à noite, o inteiro complexo de São Pedro, captando os seus singulares valores arquitectónicos.

3. Possa a nova iluminação, que envolve a Basílica e a mostra com toda a sua imponência, constituir para os peregrinos e os visitantes um convite a receberem na sua vida Cristo, que é a Luz do mundo. Seja para os crentes mais um estímulo a testemunharem na vida a sua fidelidade a Deus e à Igreja.

Congratulo-me com todos os que colaboraram de maneira activa na execução deste novo sistema de iluminação: os projectistas, os directores dos trabalhos, os técnicos e os operários. A todos a minha admiração pela obra realizada com competência e dedicação.

Enquanto peço a Cristo, que por nós se fez homem há dois mil anos, copiosos dons de serenidade e de paz, concedo de coração a cada um de vós e aos vossos familiares a Bênção Apostólica.

© Copyright 1999 - Libreria Editrice Vaticana

top