The Holy See
back up
Search
riga

SAUDAÇÃO DO SANTO PADRE
À DELEGAÇÃO OFICIAL DA ESLOVÁQUIA

Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2000

 


Ilustres Senhores, Gentis Senhoras

Acaba de ter lugar o intercâmbio dos instrumentos de ratificação do Acordo-Base entre a Santa Sé e a República Eslovaca. Dou as minhas cordiais boas-vindas a Vossa Excelência, Senhor Presidente, aos ilustres membros da Delegação oficial e ao Embaixador da República Eslovaca junto da Santa Sé. Saúdo também Vossa Eminência, Senhor Cardeal Ján Chryzostom Korec, o Núncio Apostólico, o Presidente e os membros da Conferência Episcopal, que participaram nessa solene cerimónia.

Com a permuta dos instrumentos de ratificação do Acordo-Base, assinado em 24 de Novembro do corrente ano, tem início uma nova etapa nas relações recíprocas entre a Santa Sé e a República Eslovaca. A Igreja e o Estado têm a tarefa de aplicar tudo o que concordaram. É para desejar que um profundo espírito de cooperação construtiva continue a inspirar todas as pessoas às quais será confiado o cumprimento desta importante missão.

O motivo fundamental da colaboração entre a Igreja e o Estado é o bem da pessoa humana. Esta cooperação deve tutelar e garantir os direitos do homem. Uma Igreja que goza de toda a liberdade que lhe cabe está em óptimas condições de cooperar, juntamente com todas as outras forças vivas da sociedade, "para o benefício espiritual e material da pessoa humana e para o bem comum", como diz o preâmbulo do Acordo.

Formulo votos a fim de que quanto se realizou neste dia contribua para a consolidação do vínculo social e o desenvolvimento espiritual e material da sociedade eslovaca. Acompanho estes meus bons votos com a invocação da bênção de Deus sobre os participantes neste encontro e sobre toda a Eslováquia, que ocupa sempre um lugar especial no meu coração.

Desejo cordiais Boas-Festas de Natal a todos vós!

 

© Copyright 2000 - Libreria Editrice Vaticana

 

top