The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO SANTO PADRE
 A UM GRUPO DE JOVENS E DE CRIANÇAS
 DA ACÇÃO CATÓLICA

Sexta-feira, 21 de Dezembro de 2001

 


Queridas crianças e caros jovens

1. Saúdo-vos com muito afecto. Sinto-me feliz por vos receber mais uma vez neste encontro, que me dá a oportunidade de entrar de novo em contacto com a importante realidade eclesial da Acção Católica dos Jovens, da qual fazeis parte. Agradeço à vossa colega as palavras que me dirigiu, interpretando os vossos sentimentos. São numerosas as crianças e os jovens que, graças à vossa Associação, têm a oportunidade de conhecer Jesus mais de perto, e são ajudados a viver o Evangelho no concreto da vida quotidiana. Amar Jesus, experimentar o seu grande amor seja sempre o maior desejo do vosso coração. Se o seguirdes fielmente podereis fazer com que os vossos colegas e amigos o conheçam e amem.

Vejo que sois acompanhados pela Presidente da Acção Católica Italiana, a Senhora Paola Bigardi, e pelo Assistente-Geral, Mons. Francesco Lambiasi. Saúdo-os cordialmente e agradeço-lhes a solicitude com que se dedicam à vossa educação religiosa.

2. Foi com prazer que tomei conhecimento da vossa iniciativa a favor da paz, denominada "Meses da Paz", que vos preparais para realizar durante o próximo mês de Janeiro. Realizai-a com entusiasmo e generosidade. Ela é como um convite à paz que, feito por vós, adquire a força de uma súplica convicta, porque a "medida nova" do Reino de Deus se entrevê na "pequenez" das crianças. A iniciativa "Meses da Paz", ao propôr a vossa mensagem de paz às diversas realidades paroquiais, sem dúvida oferecerá aos crentes a oportunidade de reflectir ainda mais sobre este precioso dom que, como escrevi na Mensagem para o Dia Mundial da Paz de 2002, é fruto e obra da justiça e do amor.

Com estes sentimentos, desejo-vos a vós um feliz e santo Natal. Incluo nos meus bons votos também as vossas famílias e toda a Acção Católica, enquanto vos abençoo a todos do íntimo do coração, por intercessão da Virgem Maria.

3. Dirijo agora um afectuoso pensamento de boas-vindas aos componentes do coro "Sociedade dos Alpinistas Tridentinos", acompanhados do Arcebispo de Trento, D. Luigi Bressan, vindos a Roma por ocasião do 75º aniversário de fundação. Caríssimos, mantende vivas as bonitas tradições musicais, que caracterizam a vossa terra. O canto é uma maneira única para elevar ao Criador o hino de louvor e de agradecimento pelas maravilhas do seu amor.

Enfim, saúdo os membros da Associação "Amigos do Presépio", provenientes de Torre del Greco, alegrando-me pelo bonito presépio que fizeram nesta sala. Caríssimos, encorajo-vos a prosseguir o vosso empenho de promover a tradicional representação do nascimento de Cristo, seguindo os passos de São Francisco.

Formulo-vos a todos vós aqui presentes e aos vossos familiares os melhores votos para as festas de Natal e para o Ano Novo e, ao garantir-vos a minha lembrança na oração, concedo de bom grado a todos vós uma especial Bênção apostólica.

 

 

top