The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO SANTO PADRE
 À DELEGAÇÃO PARLAMENTAR DO
CONGRESSO DOS E.U.A.

Segunda-feira, 8 de janeiro de 2001

 

Senhor Presidente
Membros do Congresso
Ilustres hóspedes

Sinto-me feliz por vos dar as boas-vindas ao Vaticano nesta manhã e muito me honra o amável gesto que vos trouxe aqui. Não é característica do Sucessor de Pedro procurar honras, mas aceito cordialmente a "Congressional Gold Medal", como reconhecimento do facto de que durante o meu ministério ressoou uma palavra que pode sensibilizar todos os corações humanos. Anunciei a Palavra de Deus, a qual na primeira página da Bíblia nos diz que homem e mulher foram criados à Sua imagem e semelhança (cf. Gn 1, 26).

Desta grande verdade tem origem tudo o que a Igreja afirma e promove para defender a dignidade do homem e promover a vida humana. Esta é uma verdade que contemplamos na glória de Jesus Cristo, Filho de Deus, crucificado e ressuscitado dos mortos. Durante os anos do meu ministério, mas sobretudo ao longo do Ano jubilar que há pouco terminou, exortei todos a dirigirem-se a Jesus a fim de descobrir a verdade do homem de formas novas e mais profundas. Pois só Cristo revela plenamente o homem ao homem e lhe dá a conhecer o seu destino sublime (cf. Gaudium et spes, 22). Compreender a verdade de Cristo significa experimentar o valor e a dignidade de cada ser humano com a profunda admiração que é a Boa Nova do Evangelho e o centro do cristianismo (cf. Redemptor hominis, 10).

Aceito este prémio como sinal do facto de que vós, como legisladores, reconheceis a importância de defender a dignidade humana incondicionalmente, de maneira que a vossa Nação consiga enfrentar as próprias altas responsabilidades num mundo em que os direitos do homem com frequência são desrespeitados. Por conseguinte, senhoras e senhores, agradeço-vos esta "Congressional Gold Medal". Ao apresentar-vos os meus melhores votos para o novo ano, invoco sobre vós, as vossas famílias e quantos representam "a paz de Deus, que  ultrapassa  toda  a  compreensão" (Fl 4, 7).

Deus abençoe todos vós!

 

top