The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO SANTO PADRE
 AOS MEMBROS DA "PAPAL FOUNDATION"

Terça-feira, 24 de Abril de 2001

 

 

Estimado Cardeal Bevilacqua
Eminências
Excelências
Dilectos Irmãos
e queridas Irmãs em Cristo

Uma vez mais tenho o prazer de vos saudar, membros da "Papal Foundation", por ocasião da vossa visita anual a Roma. Neste dia, dou-vos as boas-vindas com as palavras que o nosso Salvador Ressuscitado dirigiu aos seus discípulos na tarde do primeiro Domingo de Páscoa, há quase dois mil anos:  "A paz esteja convosco!" (Jo 20, 19).

Sim, o dom permanente do Senhor à sua Igreja e ao seu povo em cada época é a dádiva da sua paz, a sua confortadora e perene presença junto de nós, "até ao fim dos tempos" (Mt 28, 20). A quantos acreditam e proclamam que o Senhor verdadeiramente ressuscitou dos mortos, cabe transmitir este dom da Sua paz aos outros, em particular aos pobres e às pessoas que sofrem, aos marginalizados e aos oprimidos, àqueles cujos brados não encontram escuta, cujas esperanças parecem ser sempre vãs. Não posso deixar de realçar este dever de maneira especial, porque o encargo confiado ao Apóstolo Pedro pelo Senhor Ressuscitado, a tarefa de "apascentar as suas ovelhas" e de "apascentar os seus cordeiros" (cf. Jo 21, 15-17) cabe de maneira particular ao Sucessor de Pedro. Efectivamente, ao Bispo de Roma é confiado o cuidado de todas as Igrejas. Ele é chamado a utilizar qualquer instrumento à sua disposição para assistir e revigorar as comunidades que têm maior necessidade de solicitude material e espiritual.

É por este motivo, queridos amigos, que vos estou particularmente grato:  a assistência oferecida através da "Papal Foundation" permite a realização de muitas obras boas em nome de Cristo e da sua Igreja. Os numerosos programas e projectos financiados pelos fundos colocados à disposição da "Papal Foundation" permitem à proclamação pascal de alegria, de esperança e de paz por parte da Igreja, chegar aos ouvidos, à mente e ao coração de pessoas que vivem em inúmeras partes do mundo. Por conseguinte, a generosa partilha do vosso tempo, das vossas capacidades e dos vossos recursos manifesta o vosso amor pelo Sucessor de Pedro e constitui uma expressão eloquente da comunhão fraternal que caracteriza a vida de quantos conhecem o Senhor e vivem "o poder da sua Ressurreição" (Fl 3, 10).

No início do terceiro milénio cristão, renovados e fortalecidos pelo encontro jubilar repleto de graça com Aquele que é o manancial da nossa esperança, somos convidados uma vez mais a empreender o nosso caminho de fé e de serviço, com a certeza de que o próprio Cristo Ressuscitado caminha ao nosso lado. Confiando-vos a todos vós à amorosa intercessão da Bem-Aventurada Virgem Maria, modelo para todos os discípulos e "guia segura do nosso caminho" (Novo millennio ineunte, 58), concedo-vos do íntimo do coração a minha Bênção Apostólica a vós e às vossas famílias, como penhor de alegria e de paz no Salvador Ressuscitado.

 

 

 

top