The Holy See
back up
Search
riga

SAUDAÇÃO DO SANTO PADRE
 NO FINAL DO CONVÍVIO FRATERNO
 COM OS CARDEAIS

24 de Maio de 2001

 

Estimados Senhores Cardeais

Chegou o momento de nos despedirmos. Agradecemos ao Senhor os dias de graça e de profunda comunhão eclesial que vivemos juntos. Este Consistório extraordinário permitiu reforçar os vínculos de fraternidade, de recíproca estima e de proveitoso entendimento, que nos unem no serviço à Igreja. Do clima tranquilo e fraterno, vivido durante os nossos trabalhos, é feliz expressão também o convívio fraterno, que se está agora a concluir.

Desejo agradecer a cada um de vós a presença e o contributo significativo oferecido generosamente a estes dias de escuta e de reflexão comum.

Agora regressareis às vossas sedes. Peço que leveis a quantos o Senhor confia aos vossos cuidados pastorais a minha cordial saudação, enquanto permanecemos unidos na invocação do Espírito Santo, cujos dons esperamos no próximo Pentecostes para o fecundo exercício do nosso trabalho apostólico quotidiano.

Dirijo um particular agradecimento ao caríssimo Cardeal Decano, Bernardin Gantin, pelas palavras que também aqui me quis dirigir em nome de todos. Nelas senti o afecto com que o Colégio cardinalício acompanha o Sucessor de Pedro e o desejo fervoroso de cada um dos seus membros de o coadjuvar no ministério petrino ao serviço da Igreja universal.

Além disso, exprimo a minha profunda gratidão a quantos, de diversos modos, colaboraram para a realização e o bom desenvolvimento do Consistório. Agradeço de coração às caríssimas Filhas da Caridade e a todo o Pessoal da Domus Sanctae Marthae. Beneficiamos mais uma vez do carisma de Santa Marta, nesta casa que tem o seu nome.

Como era justo na festa litúrgica de hoje, esta sala acolhedora ajuda-nos a permanecer no clima do Cenáculo. É com este espírito que agora nos despedimos, confiando sempre na mútua recordação no Senhor. No próximo mês de Outubro voltaremos a ver alguns de vós por ocasião do Sínodo dos Bispos e poderemos desta maneira experimentar mais uma vez esta forma muito válida de exercício da colegialidade episcopal.

Maria, que hoje veneramos sob o bonito título de "Ajuda dos cristãos", vos acompanhe e vos proteja sempre. Estou convosco com a minha oração e abençoo-vos do coração.

 

 

 

top