The Holy See
back up
Search
riga

PALAVRAS DO SANTO PADRE NO FINAL DO
 CONCERTO DA ORQUESTRA
"ACADEMIA MUSICAE PRO MUNDO UNO"
 

29 de Julho de 2001

 

Ouvir esta bela execução musical suscitou no meu espírito sentimentos de reconhecimento ao Senhor e a quantos quiseram oferecer-me este agradável momento. O meu pensamento vai, em particular, para o Maestro José Juhar, Presidente da "Academia Musicae Pro Mundo Uno", a quem agradeço as amáveis palavras que me dirigiu e para a fiel atenção com que, desde há anos, propõe estes encontros musicais, ocasião de uma alegria espiritual sempre renovada. Agradeço também à sua gentil Esposa e a quantos colaboraram na organização desta manifestação artístico-musical de hoje.

Com vivo reconhecimento congratulo-me, depois, com o Maestro Justus Frantz, com os jovens músicos da Orquestra "Philarmonie der Nationen" e, em particular, com o pianista Christopher Tainton. As melodias de Tchaikovski, executadas com hábil perícia, falam-nos de uma Europa "sinfónica", em que as diferentes tradições se podem significativamente encontar e harmonizar. A arte também pode ser um precioso canal para incentivar o conhecimento, o entendimento e a cooperação solidária entre os povos. Sei que este é, propriamente, o espírito que anima a vossa Orquestra, formada por talentos de diversas partes do mundo. Com os concertos e outras iniciativas procurais contribuir para a causa da paz e da unidade entre os homens e as nações.

Desejo que permaneçais fiéis a este vosso ideal, sobretudo quando as responsabilidades se tornam mais exigentes e o empenho é posto à prova. Sede sempre artífices da amizade e da fraternidade. Sede sempre "pro mundo uno"!

Ao invocar sobre vós a protecção constante da Virgem Santíssima, concedo a todos, de coração, a Bênção Apostólica.

 

 

top