The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO SANTO PADRE
AOS PARTICIPANTES NUM ENCONTRO DO
 PONTIFÍCIO CONSELHO PARA A UNIDADE DOS CRISTÃOS

 

Sábado, 17 de Novembro de 2001


Dilecto Cardeal Kasper
Queridos Amigos em Cristo

É  com  imenso  prazer  que  vos  recebo, a vós, participantes na Sessão Plenária do Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos, no encerramento desta vossa semana de encontros.

Na verdade e no amor:  estas podem ser as palavras que expressam a essência do vosso estudo e dos vossos debates durante estes dias, enquanto procurastes avaliar os progressos realizados ao longo dos últimos tempos no campo do diálogo ecuménico. Formulo votos a fim de que a minha Mensagem no início do vosso encontro vos tenha persuadido de que, para o Bispo de Roma e para a Igreja católica, o movimento rumo à comunhão visível de todos os seguidores de Cristo não constitui meramente um apêndice da actividade da Igreja, mas uma característica essencial da sua vida e missão.

Enquanto agradeço a cada um de vós a sua dedicação e a competência com que está a servir a Igreja nesta delicada tarefa, desejo encorajar-vos a realizar esforços ainda maiores. Está a tornar-se cada vez mais evidente que o mundo tem necessidade do testemunho unido de todos os cristãos. Num mundo cada vez mais globalizado, as divisões entre os cristãos representam, hoje mais do que nunca, um obstáculo para a proclamação do Evangelho.

Invoco sobre todos vós os dons espirituais da sabedoria e da fortaleza, enquanto exprimo o meu apreço e a minha gratidão pessoais.

Encontrais-vos aqui reunidos com os representantes das Comunidades episcopalianas americanas na Europa, que neste fim de semana se reúnem para a sua assembleia anual.

Prezados Amigos, saúdo-vos e agradeço-vos a vossa presença. Entre vós, estão também presentes vários jovens, que constituem um sinal seguro da esperança de que a busca da unidade cristã será continuada por uma nova geração de homens e de mulheres comprometidos em fazer da oração do Senhor uma realidade:  "Para que todos sejam um só" (Jo 17, 20). Peço a Deus que derrame sobre vós as suas bênçãos mais ricas, durante estes dias dos vossos encontros e da vossa visita a Roma. Através das vossas pessoas, transmito as minhas saudações e os meus bons votos no Senhor, a todas as paróquias episcopalianas americanas na Europa. "Graça e paz vos sejam dadas da parte de Deus, nosso  Pai,  e  do  Senhor  Jesus  Cristo" (1 Cor 1, 3).

 

 

 

top