...
The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO SANTO PADRE
 AOS MEMBROS DA UNDA E OCIC
 ORGANIZAÇÕES CATÓLICAS PARA OS MASS MEDIA

20 de Novembro de 2001

 

 

Caros Irmãos e Irmãs em Cristo,

Estou muito contente por vos saudar, membros da UNDA, a Associação Católica Internacional para a Rádio e a Televisão e da OCIC, a Organização Católica Internacional para o Cinema e Audiovisuais, no momento em que vos preparais para, daqui a poucos dias, unir as duas organizações e a formar a SIGNIS, a nova organização católica internacional para todos os audiovisuais. A minha esperança, que, estou certo disso, é também a vossa, é a de que a SIGNIS se difunda e torne ainda mais eficaz o trabalho que as vossas duas organizações empreenderam nos últimos setenta anos, a obra de evangelização nos meios de comunicação social e, através deles, a proclamação do Evangelho salvífico do  Senhor  no  mundo  do  cinema,  da rádio,  da  televisão  e  da  mais  recente Internet.

A instituição desta organização no início do novo milénio mostra-se particularmente oportuna. De facto, com os grandes progressos na tecnologia das comunicações e o constante processo de globalização, a missão eclesial de tornar Cristo conhecido e amado por todas as pessoas adquire possibilidades cada vez mais novas e também desafios posteriores. Nos últimos anos assistiu-se a um notável crescimento das transmissões radiofónicas católicas em vários Países da África e da Europa e também a um grande desenvolvimento da televisão católica, devido especialmente às transmissões por satélite e à distribuição por cabo. SIGNIS deve continuar a criar novo público para a programação católica e trabalhar com outros organismos para garantir que o conteúdo espiritual e religioso que contém esteja sempre presente nas várias produções de comunicação social.

As pessoas, em particular as crianças e os adolescentes, são absorvidas por uma enorme quantidade de tempo de consumo dos meios de comunicação social. Uma parte importante do vosso trabalho consiste, pois, em ensinar um uso prudente e responsável dos meios de comunicação social. Isto significa estabelecer níveis altos não só para o público em geral, mas também para os responsáveis da indústria das comunicações. Significa levar as pessoas a uma maior consciência da grande influência que os meios de comunicação social exercem sobre a sua vida. Significa analisar a qualidade do conteúdo e promover um diálogo construtivo entre os produtores e os consumidores.

Caros amigos, estes são alguns dos vossos deveres, que pedem coragem e empenho, deveres que exerceis de boa vontade como parte da vossa vocação cristã. O próprio Senhor Jesus está convosco para vos ajudar e dar força, pois que, dando aos Apóstolos o mandato final de fazer discípulos, lhes disse:  "e Eu estarei sempre convosco até ao fim do mundo" (Mt 28, 20). Que a organização SIGNIS, de instituição próxima, seja um instrumento cada vez mais eficaz da presença permanente do Senhor no nosso  mundo  e  do  seu  amor  constante por  todos  os  homens  e  por  todas  as mulheres!

Concedo-vos a todos, de coração, a minha Bênção Apostólica.

 

 

 

top