The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
 AOS JOVENS DA ACÇÃO CATÓLICA ITALIANA
POR OCASIÃO DO NATAL

20 de Dezembro de 2002

 

 


Caros rapazes e moças da Acção Católica Italiana

1. Estou-vos grato por esta vossa tradicional visita natalícia e pelos dons que me trouxestes. Saúdo-vos a todos cordialmente e agradeço a quem interpretou os vossos sentimentos, fazendo-me conhecer os vossos sonhos e projectos para o futuro. Saúdo os educadores, os responsáveis da Acção Católica e os Assistentes que vos acompanham. Dirijo uma particular saudação ao Assistente Geral, D. Francisco Lambiasi. Desejo ainda fazer chegar o meu cordial pensamento ao Presidente da Acção Católica Italiana, que não pôde estar presente neste encontro, desejando-lhe todo o bem na festividade do Natal que está a chegar.

Vós, queridos Rapazes e Moças, representais muitos dos vossos coetâneos que, através da experiência da Acção Católica dos Jovens, aprendem a seguir Jesus:  escutam a sua voz e tornam-se seus amigos. Só Jesus conhece o segredo de uma vida plena de significado, para viver "em grande", como penso que vós desejais no fundo do coração.

No Natal, que celebraremos dentro de alguns dias, o Menino Jesus revelar-nos-á o amor infinito do Pai celeste, que não se cansa de procurar todos os seus filhos. Da gruta de Belém irradiará para o mundo de hoje a beleza do seu Reino de justiça e de paz. Preparai o coração para o acolher! Ele tornar-vos-á felizes.

2. Queridos Rapazes e Moças! O slogan que vos acompanha durante este ano associativo é:  "Mani per tutti, tutti per mano [Mãos para todos, todos de mãos dadas]. As mãos não devem ser utilizadas para apertar egoisticamente os bens materiais e como que para "se agarrar" a eles. É necessário, ao contrário, aprender a tê-las abertas para acolher o amor de Deus:  mãos sempre prontas para receber e a dar o seu amor.

Vivei assim, e proponde também este caminho aos vossos coetâneos! Assim oferecereis um precioso contributo à renovação que a Acção Católica Italiana empreendeu.

Obrigado, de novo, caríssimos, pela vossa visita. Desejo-vos um Bom Natal e torno extensivo este voto às vossas famílias e a todos os vossos amigos. Invoco sobre cada um a protecção maternal de Maria Imaculada, e concedo-vos a vós aqui presentes assim como a toda a Acção Católica Italiana uma especial Bênção Apostólica.

 

 

 

top