The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO SANTO PADRE JOÃO PAULO II
AOS SUPERIORES E AOS ALUNOS DO
ALMO COLÉGIO CAPRÂNICA

Sábado, 19 de janeiro de 2002

 


Senhor Cardeal
Estimados Superiores e Alunos
do Almo Colégio Caprânica

1. Dirijo-me a vós com afecto neste habitual encontro anual, nas proximidades da memória litúrgica de Santa Inês, vossa especial Padroeira, e a todos dou as minhas cordiais boas-vindas. Saúdo em primeiro lugar o Senhor Cardeal Camillo Ruini, Presidente da Comissão Episcopal destinada à direcção do Colégio, e agradeço-lhe as gentis expressões com que se fez intérprete dos sentimentos comuns. Faço a minha saudação extensiva ao Reitor, Mons. Michele Pennisi, aos Superiores e a vós, caríssimos Alunos da Comunidade caprânica. O vosso Colégio, testemunha de um vínculo secular com a Sé Apostólica e com o Sucessor de Pedro, constitui uma das mais antigas e ilustres instituições para a formação dos candidatos ao sacerdócio, não só da diocese de Roma, mas também de outras dioceses da Itália e Países do mundo.

2. Caríssimos Alunos! É a vós que me dirijo agora de modo especial. Estais chamados a ser testemunhas e "modelos da grei" (1 Pd 5, 3) que vos será confiada. E para o serdes é necessário que adquirais disposições interiores e comportamentos específicos, que estão na base da espiritualidade sacerdotal. O próprio Cristo é o modelo deste significativo crescimento espiritual e intelectual. De facto, os presbíteros, "por meio da unção do Espírito Santo, ficam marcados com um carácter especial que os assemelha a Cristo Sacerdote, a fim de poderem operar em nome da Cabeça que é o mesmo Cristo" (Presbyterorum ordinis, 2). Precisamente porque estais chamados a seguir mais de perto o Mestre, deveis ser assíduos "contempladores do seu rosto" (Novo millennio ineunte, 16). Conscientes da vossa futura missão, tendei para a santidade e difundi em toda a parte o amor de Cristo. Sede fiéis à Igreja e trabalhai nela sempre em comunhão com os vossos Bispos. De facto, o sacerdote não é o homem das iniciativas isoladas e independentes; é o ministro do Evangelho em nome da Igreja. Cada uma das suas obras apostólicas parte da Igreja e deve voltar à Igreja.

Se, por vezes, esta missão vos pode parecer difícil, não temais! Desde estes anos da vossa preparação, aprendei a fazer-vos ao largo com as velas içadas ao sopro do Espírito Santo. Desta forma, sentir-vos-eis felizes por tudo o que o Senhor realizará por meio de vós e conhecereis, mesmo entre as provas e as dificuldades, a grandeza e a alegria da vossa missão.

3. Por conseguinte, a comunidade do vosso Colégio mantenha-se à escuta permanente da Palavra de Deus. Aprofunde aqueles vínculos de comunhão que ajudem cada um de vós a projectar-se na missão evangelizadora do mundo. Vivei intensamente esta vossa experiência comunitária. Ela constituirá a estrutura-base de toda a vossa existência. Com efeito, sois chamados a viver e a estar com os outros e a viver para os outros.

Aos que desejam seguir Jesus, Ele apresenta condições bem claras:  "Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz, dia após dia, e siga-me" (Lc 9, 23). Jesus não é o Messias do triunfo e do poder. Como autêntico Servo do Senhor, realizou a sua missão de Messias na solidariedade, no serviço, e na humilhação da morte. Caminhai com coragem pelas Suas pegadas e prossegui confiantes, renovando todos os dias a fidelidade a Cristo e abrindo-vos às necessidades dos irmãos.

Amparem-vos neste esforço o exemplo e a intercessão dos santos e dos mártires, que foram sempre fiéis ao Senhor. Protejam-vos em particular os santos desta Igreja de Roma, entre os quais a jovenzinha que vos é tão querida, Santa Inês, que, com o seu testemunho de virgindade e de martírio, convida a todos a seguir o Cordeiro imolado para a salvação do mundo. Acompanhe-vos Maria, a Mãe da Igreja, e obtenha para cada um de vós um ano rico de frutos espirituais e culturais.

Com estes sentimentos, concedo-vos a vós Alunos aqui presentes, aos vossos Superiores e Formadores, assim como a toda a família do Colégio Caprânica uma especial Bênção apostólica.

 

 

 

top