The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO SANTO PADRE JOÃO PAULO II
AO ARCEBISPO DE CANTUÁRIA
E PRESIDENTE DA COMUNHÃO ANGLICANA
SUA GRAÇA REV.DO DR. GEORGE CAREY

21 de Junho de 2002

 

Excelência
Queridos Amigos

É com grande prazer que vos dou as boas-vindas, na "graça e a paz da parte de Deus, nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo" (Fl 1, 3). Estou-vos muito grato por terdes desejado homenagear-me aqui com esta visita de despedida, antes da vossa retirada, já iminente. A vossa visita é, por assim dizer, um sinal vivo dos íntimos relacionamentos que, ao longo dos anos, continuaram a desenvolver-se entre a Comunhão anglicana e a Igreja católica.

Analisando os últimos onze anos, durante os quais Vossa Graça foi Arcebispo de Cantuária, penso de maneira particular na Declaração conjunta, por nós assinada em 1996. Embora reconhecendo os obstáculos que nos mantiveram afastados da comunhão plena, decidimos "dar continuidade às consultas sobre o modo de fazer progredir os relacionamentos entre a Comunhão anglicana e a Igreja católica". Nos últimos meses, começámos a ver os frutos deste espírito de perseverança, através da instituição da nova Comissão internacional de anglicanos e romano-católicos para a unidade e a missão, destinada a acompanhar a obra constante da Comissão internacional de anglicanos e romano-católicos.

É de bom grado que reitero aqui o que escrevi na minha Encíclica Ut unum sint, ou seja, que "verdadeiramente o Senhor nos tomou pela mão e está a orientar-nos" (n. 25). Com a esperança que nasce do Espírito, façamos votos a fim de que as iniciativas e os instrumentos de reconciliação, por nós promovidos e encorajados, sejam orientados sempre pelo próprio Espírito Santo, que é sempre capaz de conceder graças em abundância.

Quando reflectimos sobre os perigos e os desafios que o mundo deve enfrentar no momento presente, não podemos deixar de sentir a necessidade urgente de trabalhar em conjunto na promoção da paz e da justiça. Bem sei que Vossa Graça é muito activo, quando se trata de promover o diálogo na Terra Santa e de reunir os líderes cristãos, judeus e muçulmanos para procurar uma solução duradoura. Oxalá esta e todas as suas iniciativas em ordem à promoção da paz e da justiça recebam o devido apoio e infundam a esperança nos ambientes onde há luta e sofrimento.

Excelência, rezo para que a próxima fase da sua vida lhe ofereça novas possibilidades de compartilhar os seus dons no caminho de reconciliação que empreendemos. Asseguro-lhe as minhas orações, a Vossa Graça e à Senhora Carey, juntamente com toda a Comunhão anglicana.
Deus vos abençoe a todos com abundância!

 

 

 

top