The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO SANTO PADRE JOÃO PAULO II
 AOS MEMBROS DA COMUNIDADE
DA ABADIA AUSTRÍACA DA SANTA CRUZ

Sexta-feira, 17 de Maio de 2002

 
Reverendo Abade Gregor
Reverendo Padre Decano da Escola
Ilustres Reitores dos Seminários sacerdotais
Estimados Professores e queridos Estudantes

1. É com grande alegria que vos dou as boas-vindas ao Palácio Apostólico. Escolhestes o tempo da Novena pentescostal para realizar esta peregrinação a Roma, aos Túmulos dos Apóstolos e à Sé de Pedro, por ocasião do Bicentenário da Escola Superior de Teologia e de Filosofia da Santa Cruz. Esta peregrinação conjunta, chefiada pelo Reverendo Abade, não só revigora a Comunidade académica dos Professores e dos Estudantes, mas exprime também a finalidade última dos vossos estudos e dos vossos esforços:  uma communio profunda e indestrutível com Deus Uno e Trino, na sua santa Igreja, hoje aqui na terra e, no futuro, na bem-aventurança dos Céus!

2. Durante estes dias do Pentecostes rezamos:  "Veni, sancte Spiritus, reple tuorum corda fidelium; et tui amoris in eis ignem accende!".

A vossa peregrinação jubilar está destinada a ser uma importante pedra angular ao longo do vosso caminho de comunidade de estudos teológicos:  o espírito de fidelidade ao Magistério e à tradição da Igreja, que a Abadia da Santa Cruz e a vossa Escola demonstraram desde a sua fundação (1802), possa experimentar, graças à obra do Espírito Santo, uma renovação vital e "dar asas" ao vosso apostolado. O vosso mais íntimo desejo de receber o "Espírito de verdade" (Jo 16, 13), que foi próprio também dos discípulos reunidos com Maria, abre-vos para a grandiosa tarefa que vos confio vivamente a todos:  ser agentes entusiastas e estimulantes da nova evangelização da Europa.

3. Solidamente enraizada na tradição espiritual da Ordem dos Cistercienses, agora a vossa Escola está a enfrentar o desafio de uma séria formação dos sacerdotes e dos religiosos do nosso tempo. Por isto, estou sinceramente agradecido ao Abade e aos Monges do Mosteiro da Santa Cruz. Formulo votos cordiais à Escola Superior de Teologia e de Filosofia da Santa Cruz e a todos os seus membros, a fim de que consigam crescer na fé, na esperança e na caridade. É por isso que vos confio a todos, aos vossos entes queridos e aos vossos irmãos que ficaram no Mosteiro, à intercessão de Maria, Magna Mater Austriae, de São Bernardo e de todos os Santos da Ordem dos Cistercienses, enquanto vos concedo do íntimo do coração, a todos e a cada um, a minha Bênção apostólica.

 

 

 

top