The Holy See
back up
Search
riga

VIA-SACRA NO COLISEU

ALOCUÇÃO DO SANTO PADRE JOÃO PAULO II

Sexta-feira Santa, 18 de Abril de 2003

 

 

 
"Ecce lignum crucis in quo salus mundi pependit... venite adoremus".
Ouvimos esta palavra na liturgia de hoje:  eis o madeiro da cruz.

É a palavra-chave da Sexta-Feira Santa. Ontem, no primeiro dia do "Triduum Sacrum", a Quinta-Feira Santa, tínhamos ouvido:  "Hoc est corpus meum, quod pro vobis tradetur. Eis o meu corpo que será entregue por vós".

Hoje vemos como é que estas palavras de ontem foram realizadas:  eis o Gólgota, eis o Corpo de Cristo sobre a Cruz. "Ecce lignum Crucis in quo salus mundi pependit".

Mistério da fé! O homem não podia imaginar este mistério, esta realidade. Só Deus a podia revelar. O homem não tem a possibilidade de dar a vida depois da morte. A morte da morte. Na ordem humana, a morte é a última palavra. A palavra que vem depois, a palavra da Ressurreição, é palavra somente de Deus e, por isso, nós celebramos com tão profundo afecto este "Triduum Sacrum".

Hoje rezamos a Cristo deposto da Cruz e sepultado. O seu sepulcro foi selado. E amanhã, em todo o mundo, em todo o cosmos, em todos nós, haverá um silêncio profundo. Silêncio de espera.

"Ecce lignum Crucis in quo salus mundi pependit". Este Madeiro da morte, o madeiro que levou à morte o Filho de Deus, abre o caminho para o dia que se segue:  quinta-feira, sexta-feira, sábado, domingo. Domingo será Páscoa. E ouviremos as palavras da Liturgia. Hoje ouvimos:  "Ecce lignum Crucis in quo salus mundi pependit". Salvação do mundo! Sobre a Cruz! E, depois de amanhã, cantaremos:  "Surrexit de sepulchro... qui pro nobis pependit in ligno". Eis a profundidade, a simplicidade divina, deste Tríduo pascal.

Faço votos para que vivais este Tríduo o mais profundamente possível. Estamos aqui, como em anos anteriores, à volta do Coliseu. É um símbolo. Este Coliseu é um símbolo. Sobretudo, fala-nos dos tempos passados, daquele grande Império romano que se desmoronou. Fala-nos daqueles mártires cristãos que aqui deram o seu testemunho com a sua vida e a sua morte. É difícil encontrar um outro lugar onde o Mistério da Cruz fale mais eloquentemente do que aqui, diante deste Coliseu.

"Ecce lignum Crucis in quo salus mundi pependit". Salus mundi!

Desejo-vos a todos vós, caríssimos Irmãos e Irmãs, que vivais este "Triduum Sacrum" Quinta-Feira, Sexta-Feira, Sábado Santo, Vigília Pascal e, depois, a Páscoa cada vez mais profundamente e que também deis testemunho dele.

Seja louvado Jesus Cristo!

 

   

top