The Holy See
back up
Search
riga

 

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
A DIVERSOS GRUPOS DE PEREGRINOS PRESENTES
NO PALÁCIO APOSTÓLICO DE CASTEL GANDOLFO

 

Sábado, 23 de Agosto de 2003

 


1. Dou-vos as cordiais saudações de boas-vindas a todos vós, caros peregrinos, com quem hoje tenho a alegria de me encontrar.

Aos fiéis italianos da Paróquia da Natividade da Bem-Aventurada Virgem Maria, em Miane

Saúdo, em particular, os fiéis italianos da Paróquia da Natividade da Bem-Aventurada Virgem Maria, em Miane, Diocese de Vitório Véneto. Caríssimos, a lembrança da vossa bonita terra traz-me a recordação do meu venerado predecessor João Paulo I. Ele amava a Paróquia de Miane, e também eu me uno à vossa comunidade com profundo afecto. Obrigado por esta visita!

Trouxestes convosco a imagem de Nossa Senhora do Carmo, com as coroas para a Virgem e o Menino, que benzo de bom grado. Desejo exprimir-vos a minha estima pela vossa iniciativa de recitar o Rosário durante este Ano que lhe é dedicado:  encorajo-vos a todos famílias, jovens e idosos a contemplar de modo assíduo o Rosto de Cristo, juntamente com Maria, a fim de serdes sempre seus discípulos e testemunhas fiéis.

Ao Movimento Juvenil Salesiano italiano do Trivéneto

Além disso, saúdo o grupo do Movimento Juvenil Salesiano do Trivéneto. A vossa presença, caros jovens, oferece-me a oportunidade de lembrar uma vez mais a actualidade do carisma e da mensagem de Dom Bosco, especialmente para as novas gerações. De facto, o espírito salesiano ajuda os jovens a compreender que o Evangelho é uma inesgotável fonte de vida e de alegria. Também vós viveis esta maravilhosa realidade:  a exemplo de Dom Bosco, sede sempre alegres, generosos e corajosos ao combater o mal com o bem, artífices de esperança e de paz em todos os ambientes da vida.

Saúdo com afecto o Comandante e os Carabineiros da Companhia de Castel Gandolfo que, todos os anos, prestam o seu serviço generoso nas Vilas Pontifícias.

É com satisfação que saúdo, também, a Delegação da Pastoral Juvenil da Conferência Episcopal Italiana, que nestes dias  realiza  uma  peregrinação  à  Cruz do  Adamello.  Obrigado  pela  vossa  generosidade.

Aos jovens da Diocese espanhola de Solsona

2. É com afecto que saúdo D. Jaime Traserra, Bispo de Solsona, na Espanha, e os sacerdotes e jovens que realizais a peregrinação de Roma a Assis. Queridos jovens, não tenhais medo! Deixai-vos guiar pelo Espírito no caminho do discernimento vocacional. Sei que nos vossos corações há um profundo desejo de servir generosamente o Senhor e os irmãos. Que o amor da Virgem Maria e a minha cordial Bênção vos acompanhem sempre.

3. Voltemos agora o contemplar a Virgem santa, que ontem venerámos com o bonito título de "Rainha". Ajude-nos Maria, a "Serva do Senhor", a estar cada vez mais conscientes de que o verdadeiro modo de reinar é servir. E que Ela nos ajude a oferecer também com alegria o nosso serviço a Deus e ao próximo. Com estes votos, agradeço-vos novamente a vossa visita e, de coração, abençoo-vos a todos.

Aos peregrinos provenientes da Polónia

Saúdo cordialmente os peregrinos de Katowice, da Paróquia da Catedral de Cristo-Rei.
Sei que viestes por ocasião do 25º aniversário do Pontificado. Agradeço-vos a lembrança e a benevolência. Quanto a mim, lembrar-me-ei de que, neste quarto de século, um dia o Papa visitou a vossa Catedral. Recordo-me daquele encontro com os doentes e os inválidos de trabalho, que teve lugar já há vinte anos. Lembro-me também do encontro com os habitantes da Silésia na esplanada do aeroporto. Juntamente convosco, agradeço a Deus por aqueles encontros e por todos os frutos deles nascidos. E rezo pela Silésia, porque bem sei quantos problemas atormentam aquela região e quantas pessoas sofrem pela falta de trabalho e de pão. Faço votos a fim de que, com a ajuda de Deus, se consiga ir quanto antes ao encontro das necessidades dos homens que enfrentam um duro trabalho.

Abençoo-vos de coração, a vós e aos vossos entes queridos. Deus vos conceda a sua alegria!

 

 

 

 

top