The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO PAPA JOÃO PAULO II
AOS MEMBROS DA FEDERAÇÃO NACIONAL
 DOS CAVALEIROS DO TRABALHO

Sábado, 22 de Fevereiro de 2003

 

 

Ilustres Senhores
e gentis Senhoras

1. Sinto-me feliz por vos receber nesta Audiência especial, que proporciona a agradável oportunidade de me encontrar com alguns qualificados representantes do mundo do trabalho e do empresariado na Itália. Saúdo-vos a todos cordialmente, com um pensamento especial para o Presidente da Federação Nacional dos Cavaleiros do Trabalho, Engenheiro Mário Federici, ao qual agredeço as gentis palavras que me dirigiu em nome dos presentes. Saúdo também o Dr. Biagio Agnes, Presidente da Comissão para a Comunicação e a Imagem.

A Ordem ao mérito do Trabalho é comummente reconhecida como uma das mais prestigiosas. Ela confere o título de Cavaleiro do Trabalho a pessoas que, como vós, se distinguiram pela capacidade empresarial e, sobretudo, pelo rigor moral nos vários campos das actividades produtivas.

2. Vós representais assim, não só um grupo escolhido do empresariado Italienisch, mas também os promotores de um crescimento solidário e equilibrado da economia nacional.

A respeito disto, permiti que eu vos faça o convite a dedicar, cada vez mais, no vosso trabalho, uma atenção prioritária aos princípios éticos e morais.

Na Encíclica Sollicitudo rei socialis eu recordava que "a colaboração para o desenvolvimento do homem todo e de todos os homens é, efectivamente, um dever de todos para com todos" (n. 32). Precisamente na vossa qualidade de "Cavaleiros do Trabalho", sede os defensores e as primeiras testemunhas deste "dever" universal. Trata-se de uma tarefa ainda mais urgente à luz da actual evolução da sociedade, marcada pelo processo de globalização, no interior do qual devem ser salvaguardados o valor da solidariedade, a garantia de acesso aos recursos e a distribuição equitativa da riqueza produzida.

3. Na sociedade contemporânea a família, com frequência, parece ser penalizada pelas regras impostas pela produção e pelo mercado. Por conseguinte, entre os vossos esforços esteja o de a apoiar de modo eficaz, para que seja cada vez mais respeitada como sujeito activo também no sector da produção e da economia.

Além disso, faz anos que a vossa federação presta atenção à formação dos jovens. A este respeito, penso na Residência universitária Lamaro-Pozzani, reservada a quantos frequentam os cursos universitários em Roma. Continuai a investir nos jovens, ajudando-os a superar a diferença existente entre a formação escolar e as reais exigências das empresas de produção. Permiti assim que as novas gerações, graças também a uma firme ancoragem no património dos valores humanos e cristãos, contribuam para tornar o mundo do trabalho cada vez mais à medida do homem.

Ao renovar ao meu cordial agradecimento por esta visita, desejo a cada um de vós um proveitoso sucesso nos vários campos profissionais. Invoco sobre vós, sobre as vossas famílias e sobre as pessoas que vos são queridas a intercessão de São Bento de Núrsia, Padroeiro dos Cavaleiros do Trabalho, e abençoo-vos a todos de coração.

 

 

top