The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO SANTO PADRE JOÃO PAULO II
AOS JOVENS UNIVERSITÁRIOS DA EUROPA
 DEPOIS DA RECITAÇÃO DO ROSÁRIO

 

 


Caros Jovens Universitários

1. Saúdo-vos com afecto e agradeço-vos pela vossa participação, cheia de devotada alegria, nesta vigília mariana, por ocasião da Primeira Jornada Europeia dos Universitários. Agradeço, em particualr, ao Cardeal Camillo Ruini as palavras amigas com que interpretou os sentimentos de todos. O meu agradecimento, dirige-se, depois, a Mons. Lourenço Leuzzi e a quantos colaboraram na organização desta Jornada. Agradeço, ainda, aos coros e orquestras, assim como à Rádio Vaticana e ao Centro Televisivo Vaticano, que asseguraram as várias ligações radiofónicas e televisivas.

Saúdo cordialmente os Jovens que estão unidos a nós, juntamente com os seus Bispos, de Upsala, Bratislava, Cracóvia, Colónia, Fátima, Viena e de algumas Paróquias da Ucrânia. Obrigado, caríssimos, pelo vosso testemunho de fé e de fraternidade! Faço votos por todo o bem para os vossos estudos e para os vossos projectos de vida.

Esta tarde, rezámos pela Europa, num momento importante da sua história. Os jovens podem e devem participar na construção da nova Europa, com os seus contributos de aspirações e ideais, de estudo e trabalho, de criatividade e generosa dedicação. Os jovens cristãos, de modo especial, são chamados a anunciar e a testemunhar Cristo e a ser, em seu nome, construtores de unidade na diversidade, de liberdade na verdade, de paz na justiça, daquela paz de que o mundo tem necessidade, hoje particularmente.

Caros jovens amigos, confio-vos esta tarde um desejo que me está muito no coração:  que as novas gerações possam ser fiéis aos altos princípios espirituais e morais que, no passado, inspiraram os pais da Europa unida.

2. Durante esta vigília, em que se dá conta do entusiasmo e da fé típicos dos jovens, o pensamento vai, naturalmente, para a Jornada Mundial da Juventude. São acontecimentos que me permitem encontrar, de uma extremidade à outra da terra, jovens de diversos continentes, escutá-los e falar-lhes de Cristo. De cada vez, é apresentado um tema específico à atenção de todos. Para a próxima Jornada, que será celebrada em todas as Dioceses no Domingo de Ramos, tendo em conta que estamos no Ano do Rosário, escolhi as palavras significativas de Jesus ao apóstolo predilecto:  "Eis a tua Mãe!" (Jo 19, 27). Trata-se de um forte convite feito a todos vós, caros jovens, para reconhecer e acolher Maria na vossa vida, como Mãe.

Jovens da Europa e do mundo, abri o coração a Maria e segui docilmente o seu exemplo!
3. Dirijo-me, agora, a vós, caros jovens de Roma e marco encontro convosco no próximo dia 10 de Abril, quinta-feira, na Praça de São Pedro. Será uma ocasião de oração e de festa, como esta tarde. Faremos, em conjunto, um acto solene de entrega a Nossa Senhora, pedindo-lhe que vele sobre vós e que proteja o vosso caminho de jovens do terceiro milénio. Nessa ocasião, darei a cada um dos presentes uma coroa do santo Rosário, convidando-os a recitar esta tradicional oração mariana, para que seja cada vez mais familiar também na juventude de hoje. Com a recitação fervorosa do Rosário, pode mudar-se a sorte do mundo.

Que esta consciência vos anime durante a procissão que realizareis daqui a pouco até à igreja de São Ivo, na Sapienza, levando o ícone de Maria, Sedes Sapientiae. Uno-me a vós, espiritualmente, enquanto vos abençoo com afecto  a  todos  vós  e  aos  que  vos são queridos.

 

 

top